OPINIÃO

Fatos - 12/12/2012

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

À risca
O Juiz Dalmir Franklin de Oliveira Júnior cumpriu à risca a promessa feita no começo da campanha eleitoral: A Justiça Eleitoral de Passo Fundo seria rigorosa em relação a Lei da Ficha Limpa. No exame das contas dos candidatos eleitos, Dalmir não deixou passar um detalhe. Examinou todos os itens, pediu novos documentos e ontem publicou as sentenças. Seis candidatos eleitos tiveram contas desaprovadas ou consideradas sem prestação. Devem buscar recurso ao Tribunal Regional Eleitoral, mas isso não impedirá a diplomação dos mesmos, segundo o próprio juiz. São eles: Márcio Tassi e Aristeu Dala Lana, PTB, Paulo Pontual, PP, Claudia Furlaneto e Isamar José Oliveira da Silva, PT, e Sidney Ávila, PDT.

Ressalvas
Outros candidatos eleitos tiveram contas aprovadas, mas com ressalvas. Entre eles: Márcio Patussi e Alberi Grando, PDT, Patric Cavalcanti, DEM, Alex Necker e Renato Orlando Tiecher, PCdoB. O prefeito eleito Luciano Azevedo também teve as contas aprovadas com ressalvas. Nestes casos não há qualquer implicação porque não houve ilegalidade. O juiz entendeu que não seria justo aprovar sem ressalvas se houve inconsistência, mesmo que todos os documentos e explicações tenham sido apresentados posteriormente.

Falhas
Os candidatos eleitos que tiveram as contas desaprovadas justificam que as falhas são pequenas, técnicas e podem ser corrigidas. No caso de Claudia Furlanetto e Sidnei Ávila, considerados pela Justiça como se não tivessem apresentado a prestação de contas, poderão ter problemas. Os processos serão examinados (vistas) pelo Ministério Público Eleitoral e o órgão pode considerar que contas não apresentadas impede a diplomação. Se considerarmos que um erro na prestação de contas pode tornar um político inelegível, a não prestação implicaria na mesma situação.

Foguete
Obviamente que tem suplente de vereador soltando foguete com as sentenças publicadas no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral.

Encontro
Secretários que se despedem e secretários que assume dia 1º de janeiro fizeram ontem o primeiro encontro em suas respectivas pastas. As reuniões duraram, em média, duas horas, e aconteceram no começo da tarde. O próximo encontro será no dia 18. O acerto foi feito pelas equipes de transição de governo.

Emoção
No discurso de despedida da Assembleia Legislativa, o prefeito eleito de Passo Fundo se emocionou em vários momentos.

Tranquilo
Prefeito Airton Dipp demonstrou tranquilidade do dever cumprido, ontem, ao fazer um balanço dos dois mandatos aos empresários locais. Dipp sabe que a repercussão do que fez na administração será de longo prazo.

 

Gostou? Compartilhe