OPINIÃO

Fatos - 04/02/2013

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Conflito I
Leitor de ON, em Mato Castelhano, escreveu para protestar em relação a um episódio envolvendo os índios acampados na localidade de Tijuco Preto, neste final de semana. Segundo ele, o funcionário de uma granja, que fica próxima ao acampamento, teve o carro apedrajado quando chegava no local, na noite do sábado. Dentro do veículo estavam a esposa e filhos. Ninguém se feriu e o caso deve ser investigado pela polícia. Segundo o leitor, o que indigna é a brutalidade com que os indios acampados no local, com apoio de outro grupo de Campo do Meio, agem em relação as pessoas que não tem nada haver com a situação de conflito por terras. E questiona: "Vamos esperar algo mais grave? Não podemos ficar mais quietos com tanto absrudo".

Conflito II
Situação dos índios de Mato Castelhano e de outras áreas da região Norte do Estado é polêmica e envolve uma atitude mais firme de governo. As famílias que hoje estão nas terras reivindicados pelos índicos, há mais de um século, são tão vítimas quanto os índios que pleiteiam as terras. O bom senso deve prevalever, antes que algo mais grave ocorra, como alerta o leitor que escreve para ON.

Recorde
O Balcão do Consumidor da Universidade de Passo Fundo, coordenado pelo jornalista e professor Rogério Silva, bateu recorde de atendimento no mês de janeiro. Foram 995 atendimentos, o que representa 72% a mais do que o registrado em janeiro de 2012, quando 579 pessoas procuraram o órgão. Roogério atribui o movimento a duas razões: primeiro, as pessoas tem mais problemas especialmente com cartões de crédito e telefonia e não são atendidas pelos serviços oferecidos pelas operadoras. O 0800 não resolve e o jeito é buscar ajuda. Segundo, o consumidor conhece cada vez mais os seus direitos e tanto o Balcão, quanto o Procon transformaram-se em serviços essenciais da cidadania.

Demanda
Por conta do recorde de demanda, o Balcão já estuda uma forma de ampliar o atendimento. De outra forma, Rogério, que também assumiu o escritório do Procon em Passo Fundo, está buscando conhecer experiências de outros municípios e  mantem contatos frequentes com o diretor estadual do Procon, Cristiano Aquino, para implantar mudanças aqui. "Nossa meta é melhorar o serviço oferecido", assegura.

Prioridade
O líder da bancada do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque, defende no Colegiado de Líderes do Congresso, a votação de todas as matérias que dialoguem com as questões econômicas do país, a começar pelo Orçamento da União. "O Congresso tem obrigação em agilizar estas matérias e não entrar na onda da crise", disse à colunista.

Gostou? Compartilhe