Pacientes do Bezerra de Menezes assistem Coral Infantil

Por
· 1 min de leitura
Apresentação já é tradicional na instituiçãoApresentação já é tradicional na instituição
Apresentação já é tradicional na instituição
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma pequena parcela das crianças que emprestam suas vozes à Cantata Natalina protagonizou, na tarde de quarta-feira (29), um show de solidariedade. Afinal, com os pacientes internados no Hospital Psiquiátrico Bezerra de Menezes como espectadores, os cantores entoaram parte do repertório que norteia a representação do nascimento do Deus menino.
A apresentação exclusiva, seguida por distribuição de doces, foi repetida pelo oitavo ano consecutivo, pois, como avalia a coordenadora do maior espetáculo natalino do norte gaúcho, Irmã Maria Pin, concretiza o real sentido do Natal. “O filho de Deus nasce para todos e convida-nos à alegria solidária. Por isso, a celebração do Natal deve traduzir-se em atitudes, gestos e ações de partilha com os irmãos”, afirma. Além disso, em 2017, a visita ao Hospital reflete a ternura - tema que contextualiza as noites de emoção e evangelização, ocorridas em Carazinho e Passo Fundo.
Inspirado no amor e no cuidado dedicados a Jesus por Maria, esse, que é um dos sentimentos que mais caracterizam a maternidade, pretende estimular os espectadores da 11ª edição da Cantata a enxergar o mundo com os olhos afetuosos de uma mãe, perpetuando, assim, a solidariedade, a fraternidade e a tolerância.

Cantata
Após ter encantado milhares de carazinhenses, no último domingo (26), a Cantata Natalina retorna a Passo Fundo. A terceira apresentação da sua 11ª edição ocorrerá no sábado (02), às 21h. A partir das 20h10min, porém, o público que já estiver acomodado em um local com boa visibilidade dos palcos, na Praça Notre Dame, poderá prestigiar a pré-apresentação de grupos musicais do Programa Bombeiro Mirim.

Gostou? Compartilhe