Bênção dos Santos ?"leos celebra a unidade da Igreja

Celebração deu início à programação de Páscoa da Arquidiocese de Passo Fundo, que segue até este domingo

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Como parte das celebrações de Páscoa, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida recebeu na manhã de ontem (18) a Missa do Crisma, onde acontece a bênção dos Santos Óleos. Essa foi a primeira de uma série de atividades, reunidas em quatro dias de programação especial, organizada pela Arquidiocese de Passo Fundo.

 

A celebração reuniu padres das 53 paróquias da região para consagrar o Óleo do Crisma e abençoar os óleos dos Catecumenos e dos Enfermos, que serão utilizados durante o ano de 2019, a partir da Páscoa. O momento também enfatizou a unidade da comunidade com o próprio Cristo.


Escolhidos como cristãos
A Missa do Crisma é, para a Igreja, sinal de comunhão. A bênção dos óleos dos Catecumenos e dos Enfermos e, ainda, a consagração do óleo do Crisma envolveu a comunidade que presenciou a renovação das promessas sacerdotais dos padres – ritos que, para o arcebispo metropolitano, dom Rodolfo Luís Weber, motivam a evangelização, são essenciais para a fé e lembram que cada cristão, ao ser ungido com o óleo do batismo e do crisma, recebe uma missão. “A unidade nasce de um ato de fé, não se faz sozinha. Nós, quando somos ungidos, não nos tornamos super-heróis, não deixamos de ser humanos; continuamos a viver as nossas fraquezas e a sentir o nosso cansaço. Mas temos a mesma missão”, motivou. “Devemos a cada dia nos lembrar que fomos escolhidos como cristãos”, complementou.


Programação
Além da Missa do Crisma, os fiéis se uniram, também, na celebração de Lava Pés, na noite de quinta-feira na Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida. Depois da missa, a juventude da Catedral realizou a Adoração ao Santíssimo.
A programação segue nesta sexta-feira (19), às 9h, quando acontece a Bênção das Ervas Medicinais; às 10h30, a Via Sacra da Catequese; às 15h, a Liturgia da Paixão e Morte, com a Procissão do Senhor Morto, por volta das 16h, ao redor da Praça Marechal Floriano. No sábado, dia 20, às 19h a comunidade vai celebrar a Vigília Pascal com a bênção do fogo e da água. No domingo, as missas acontecem às 7h30, às 9h, às 10h30, às 18h e às 20h.

Gostou? Compartilhe