Passo Fundo registra primeiro caso de gripe H1N1

Criança de um ano não havia sido vacinada. Ela foi medicada e liberada

Por
· 1 min de leitura
Campanha de Vacinação segue até sexta-feira. 71% do público-alvo já foi imunizado em Passo Fundo Crédito: Campanha de Vacinação segue até sexta-feira. 71% do público-alvo já foi imunizado em Passo Fundo Crédito:
Campanha de Vacinação segue até sexta-feira. 71% do público-alvo já foi imunizado em Passo Fundo Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

O primeiro caso de gripe H1N1, em Passo Fundo, foi confirmado pela Coordenadoria de Vigilância em Saúde ainda no dia 16 de maio. A paciente é uma criança de um ano de idade que já recebeu alta hospitalar. 

De acordo com a coordenadora da Vigilância em Saúde, Marisa Zanatta, a bebê passo-fundense não havia recebido a vacina contra a gripe. “Esses casos acontecem o ano todo, não apenas em período de campanha. Por isso, é importante receber a dose de imunização”, atesta. No ano passado, quatro casos de Influenza A H1N1 tiveram um diagnóstico positivo no município. “Desse total, três óbitos motivados pela doença foram de moradores de Passo Fundo”, revela Marisa.


A 6ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRE) informou que, entre os 62 municípios de abrangência da entidade, este é o primeiro caso gripe A comprovado na região. No estado, duas mortes já foram confirmadas pela Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul. A primeira delas, registrada no início do mês na cidade de Barra do Ribeiro, vitimou uma mulher de 79 anos diagnosticada com o vírus A-H3N2. O segundo óbito, em São Gabriel, foi de um idoso de 71 anos que contraiu o vírus A-H1N1.


Campanha de Vacinação encerra na sexta
A Campanha Nacional de Vacinação, que iniciou em 10 de abril, encerra-se na sexta-feira (31). Conforme os dados divulgados pela Secretaria Muncipal de Saúde, 71,64% do grupo prioritário já foi imunizado em Passo Fundo. A cobertura vacinal atingiu, até agora, 66,88% das crianças; 77,49% dos trabalhadores da área da saúde e 96,92% dos idosos residentes no município. 64,77% das gestantes e 78,87% de mulheres puérperas também foram imunizadas. De acordo com a pasta, 52.899 doses da vacina foram aplicadas.


Nova composição
Disponível nos Cais e na Central de Vacinas, a dose que protege contra o vírus Influeza deve ser aplicado em 90% de cada público-alvo, segundo estimativa da Secretaria Municipal de Saúde. De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina aplicada na rede pública e privada é a Influenza Trivalente contendo, obrigatoriamente, três tipos de cepas de vírus em combinação.

Gostou? Compartilhe