Pinheiro Torto tem conselho consultivo

Por
· 1 min de leitura
Reunião definiu a minuta do ConselhoReunião definiu a minuta do Conselho
Reunião definiu a minuta do Conselho
Você prefere ouvir essa matéria?

A minuta para criação do Conselho Consultivo do Parque Pinheiro Torto foi finalizada e entregue ao secretário municipal de Meio Ambiente, Rubens Astolfi, em reunião na quarta-feira (10). O encontro contou a presença de representantes de diversas entidades e da comunidade. A Universidade de Passo Fundo (UPF) participou de um edital público do Fundo Municipal do Meio Ambiente tendo como objetivo a constituição do conselho consultivo do Parque Pinheiro Torto. O documento segue para aprovação junto ao Conselho Municipal de Meio Ambiente.

De acordo com a coordenadora do Centro de Ciências e Tecnologia Ambientais (CCTAM) da UPF, professora Me. Elisabeth Maria Foschiera, a Universidade desenvolveu atividades para que entidades e a comunidade pudessem participar, sensibilizando para a construção do documento de forma participativa. “Na reunião passada, apresentamos um histórico do que vem sendo desenvolvido desde o ano passado, e iniciamos a discussão da minuta. Alguns grupos levantaram algumas preocupações, houve alguns debates, e a maioria dos participantes levou o documento para sua entidade para fazer a análise com os seus pares”, explicou.

Segundo Astolfi, o edital público foi convocado por meio do Conselho Municipal de Meio Ambiente, por um recurso do Fundo Municipal do Meio Ambiente, que é proveniente das multas ambientais e taxas de licenciamento. O secretário destacou a importância da participação da comunidade para o sucesso do processo. “O Parque é uma área de preservação ambiental e nada disso vai acontecer se a comunidade não estiver incluída. Nós precisamos preservar a área, e, para preservar, as pessoas precisam ser sensibilizadas. A própria educação ambiental vai acontecer somente se as pessoas se envolverem nesse processo”, comentou.

De acordo com a moradora da Ocupação Valinhos II e membro da Comissão dos Direitos Humanos de Passo Fundo Edivânia Rodrigues da Silva, a comunidade se reuniu para análise e discussão do documento. “O processo que remete a uma formação é importante, porque possibilita que as pessoas tomem conhecimento. Nós reunimos a comunidade, explicamos o que é a minuta, aí dialogamos diretamente com o a Comissão de Direitos Humanos para garantir a questão da presença de moradores e de entidades de defesa do direito, pois entendemos que é preciso olhar com carinho para os moradores que estão dentro do parque, mas também para quem está no entorno. São duas áreas diferentes que requerem olhares diferentes, mas entendemos que é possível conciliar meio ambiente e pessoas”, finalizou.

Parque Pinheiro Torto
O Parque Natural Municipal Pinheiro Torto é uma Unidade de Conservação e está localizado no bairro Valinhos. Ele foi criado em 2011, tem 31,88 hectares e tem como objetivo principal preservar os ambientes naturais. O Parque permite atividades de pesquisa, educação ambiental e recreação a partir do contato com a natureza.

 

Gostou? Compartilhe