OPINIÃO

Fatos 31.10.2019

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Expectativa do RenovaBio

Mais de 200 pessoas estão confirmadas para a reunião-almoço com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, nesta quinta-feira. O encontro será no salão principal do Clube Comercial e mais do que encaminhar pautas, empresários ligados ao setor do biocombustível, agricultores e lideranças aguardam que o ministro faça anúncios para o setor. Um deles, é a confirmação da entrada em vigor do RenovaBio. O diretor da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Aurélio Amaral disse esta semana que os trâmites regulatórios referentes a Política Nacional de Biocombustíveis, estão endereçados. “Isso nos faz acreditar que o programa deverá começar a funcionar em dezembro”, destacou durante um painel da 19ª Conferência Internacional Datagro sobre Açúcar e Etanol, realizada em São Paulo, no dia 28. Efetivamente a entrada em vigor do RenovaBio está programada para 2020 e  o ministro poderá confirmar se o cronograma está sendo cumprido. A nova política nacional de biocombustíveis deve atrair, por exemplo, investimentos de R$ 100 bilhões e promover um salto na produção de etanol em uma década no país. O RenovaBio tem projeção de reduzir em 11% a emissão de gases poluentes até 2029 e a pretensão de se tornar modelo de serviço ambiental do país. A meta, segundo o Ministério de Minas e Energia, é retirar até 600 milhões de toneladas de carbono da atmosfera, nos próximos dez anos, e potencializar o agronegócio.

Confirmado

Está confirmada a data da visita do ministro Onyx Lorenzoni a Passo Fundo. Será mesmo dia 7 de novembro, conforme pré-agendamento feito pelo próprio chefe da Casa Civil. A reunião-almoço tem realização conjunta da Acisa, CDL, Sindilojas, Sinduscon, Sincogêneros, Sindicato Rural e SindiContábil, no Clube Comercial a partir das 12h.

Justiça

O governo gaúcho perdeu duas na Justiça esta semana. Primeiro foi a decisão do TJ-RS determinando a inconstitucionalidade do congelamento do orçamento de todos os poderes para 2020. E ontem, também o TJ determinou, por liminar, a suspensão do regime de urgência do projeto do novo Código Ambiental. O governador Eduardo Leite protocolou a matéria no dia 27 de setembro. Pelo regime de urgência ela deveria ter sido apreciada em 30 dias, ou passaria a trancar a pauta da AL.

Aliados

O diretório municipal do PT vem dialogando com partidos do campo da esquerda já tradicionais aliados de outros processos eleitorais como PCdoB e PSOL. Estas conversas, segundo o presidente Jorge Gimenez, decorrem da movimentação dos cenários estadual e nacional. Portanto, há uma tendência forte de compor com estes aliados. O PT tem como pré-candidato atualmente o ex-reitor da UFFS Jaime Giolo, que está de volta a Passo Fundo, mas não descarta outros nomes. O esforço também se concentra na composição de uma chapa de candidatos a vereador que tenha potencial eleitoral para retomar a representatividade na Câmara de Vereadores, já que na última eleição, o partido não conseguiu eleger ninguém. Para tanto, segundo Gimenez, conversa com várias lideranças com potencial de voto.

Seminário

A construção do diálogo dos partidos do campo da esquerda também tem o protagonismo do PCdoB. Através das Fundações Perseu Abramo e Maurício Gabrois, será realizado em Passo Fundo, no Espaço Rito, o Seminário Unidade pela Democracia. Participam como palestrantes o presidente estadual do PCdoB Juliano Roso, liderança do PSOL, o presidente eleito do diretório municipal do PT Aureo Mesquita e Irma Lizot do Movimento Cultural Darci Ribeiro. A atividade começa às 19h30 e o ingresso é 1Kg de alimento. As doações serão entregues na Ocupação IV do Záchia.

 

 

Gostou? Compartilhe