Prefeitura decreta medidas que devem cumpridas por supermercados

As regras garantem a segurança de funcionários e clientes dos estabelecimentos diante do novo coronavírus

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Ampliando as ações de enfrentamento ao novo coronavírus, na manhã desta terça-feira (24), a Prefeitura de Passo Fundo decretou algumas medidas que devem ser cumpridas pelos supermercados. A normatização segue recomendações das autoridades sanitárias estaduais e nacionais.

O decreto prevê a adoção de cuidados tanto para quem trabalha nos mercados quanto para quem vai comprar. Entre elas, estão a disponibilização de sabonete líquido, álcool gel e toalhas de papel nos sanitários e a higienização de objetos de trabalho com álcool gel ou água sanitária, inclusive, dos equipamentos eletrônicos de pagamento.

Os funcionários que operam em atividades nas padarias, frutarias, açougues, caixas e demais setores onde há a manipulação de alimentos devem ser equipados com máscaras. As empresas também deverão garantir que os repositores de mercadorias mantenham distância de clientes e dos colegas, fazendo a correta limpeza das mãos.

Para reduzir o fluxo de pessoas no interior dos estabelecimentos, o documento recomenda que os supermercados organizem escalas de trabalho, com jornadas alternadas entre os funcionários. Ainda, determina que as compras sejam realizadas por uma única pessoa da família e que, nas filas de pagamento, seja mantido um afastamento mínimo de 1,5 metro entre um cliente e outro.

Os locais de circulação comum devem ser mantidos limpos e possuir uma abertura externa de ar.

 

Garantindo os estoques

Pensando no abastecimento das prateleiras e que todas as pessoas consigam adquirir produtos essenciais, tanto para a alimentação quanto para a higienização, o decreto do Município assegura aos supermercados a possibilidade de limitar a quantidade de um mesmo produto a ser comprado por cada cliente.

 

Gostou? Compartilhe