Definidas novas regras para supermercados

Estabelecimentos permaneceram 24h fechados por decreto municipal

Por
· 1 min de leitura
Luciano Breitkreitz / ON Luciano Breitkreitz / ON
Luciano Breitkreitz / ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Após o fechamento dos supermercados com mais de 20 funcionários, durante o domingo (3), em razão do descumprimento das regras previstas no decreto municipal, a prefeitura se reuniu com representantes do setor, ainda no domingo, para orientação das medidas e garantir a higienização e controle de circulação.

Ficou acertado que serão feitas melhorias no controle e na efetivação desses cuidados para a população e funcionários, como álcool borrifado 70% sendo aplicado por um funcionário na entrada dos estabelecimentos, álcool em gel 70% à disposição e num modelo que facilite o manuseio e higienização individual de carrinhos e cestinhas. 

Ainda, uso obrigatório de máscara, ou seja, ninguém entra sem máscara, a permissão de entrada de uma pessoa por família, ou uma de cada vez, a fim de ter o maior controle possível da circulação para evitar aglomerações, e melhoria na distribuição de placas informativas sobre os cuidados. 

O prazo para os estabelecimentos providenciar as melhorias e retomar as atividades encerrou ontem (4). 

Motivos do decreto

O prefeito Luciano Azevedo decidiu pelo decreto após constatar que algumas regras previstas no decreto não estavam sendo cumpridas pelos estabelecimentos, entre algumas delas: ocupação e distanciamento de pessoas,  cuidados de higiene como limpeza, manuseio de carrinhos e cestas,  disponibilização de álcool em gel, além da existência de aglomerações.

Gostou? Compartilhe