Irmãs de Notre Dame celebram Jubileu de Vida Religiosa Consagrada

Cerimônia, realizada na terça-feira (12), foi marcada por homenagens e agradecimentos

Por
· 1 min de leitura
 Foto: Comunica ND Foto: Comunica ND
Foto: Comunica ND
Você prefere ouvir essa matéria?

A celebração do Jubileu de Vida Religiosa Consagrada é sempre permeada por gratidão, alegria e louvor, independentemente se ele for de Prata (25 anos de vida consagrada), Ouro (50 anos), Diamante (60 anos), Ferro (65 anos) ou Graça (70 anos). Por isso, observando todas as medidas de segurança, a maioria das 26 jubilantes participou, na terça-feira (12), de um momento simples e marcante, sinalizando o reconhecimento àquelas que dedicam seu tempo, trabalho, oração e vocação à missão Notre Dame no Brasil.

Realizada na Casa Santa Cruz, em Passo Fundo, a celebração eucarística, presidida pelo padre Ronaldo Lobo, foi transmitida para todas as comunidades, uma vez que nem todas as Irmãs puderam estar presentes. Durante a cerimônia de renovação dos votos, as religiosas que partiram ao longo do caminho foram carinhosamente lembradas. Houve, ainda, momentos de oração pelas famílias que perderam entes queridos para a Covid-19.

A superiora provincial da Província da Santa Cruz, Ir. Dirce Slaviero, parabenizou as Irmãs e as acolheu, desejando perseverança e coragem para continuarem a caminhada para a qual foram chamadas. Repetindo o gesto das senhoras de Passo Fundo ao recepcionar as Irmãs de Notre Dame em sua chegada, em 1923, à Estação da Gare, todas as jubilantes foram presenteadas com flores.

Por fim, elas prestaram homenagens à Irmã Maria Odete - falecida no dia de Natal - que, neste ano, celebraria o Jubileu de Graça.

Gostou? Compartilhe