Campanha Passo Fundo Solidária arrecada mais de 60 toneladas de doações

Alimentos arrecadados serão destinados à Secretaria de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) e distribuídos a pessoas e entidades

Por
· 1 min de leitura
No sábado um drive-thru foi realizado em frente à Estação Gastronômica da Gare (Foto: Gerson Costa Lopes/ON)No sábado um drive-thru foi realizado em frente à Estação Gastronômica da Gare (Foto: Gerson Costa Lopes/ON)
No sábado um drive-thru foi realizado em frente à Estação Gastronômica da Gare (Foto: Gerson Costa Lopes/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

Na última semana, entre os dias 11 e 17 de abril, a cidade vivenciou uma mobilização para ajudar pessoas que estão sofrendo os impactos da pandemia. A partir da campanha Passo Fundo Solidária, que uniu a Prefeitura, empresas, entidades e comunidade, mais de 60 toneladas de alimentos foram arrecadados e terão como destino as famílias que precisam.

Mais de cem empresas e entidades parceiras estimularam as doações. Cerca de 70 delas também foram pontos de arrecadação. No sábado, dia que marcou o fim do movimento, um drive-thru foi realizado em frente à Estação Gastronômica da Gare.

Na tarde desta segunda-feira (19), foram pesados os caminhões que fizeram o recolhimento na ação de sábado. Com isso, chegou-se a um total de mais de 60 toneladas de alimentos, incluindo as doações que já estavam armazenadas na Brigada Militar.

Além de organizar a mobilização, a Prefeitura comprou 4,8 mil cestas básicas, que serão acrescidas às doações da comunidade. Neste ano, outras 4 mil cestas já haviam sido distribuídas pelo município às famílias assistidas. O prefeito, Pedro Almeida, considera que a expectativa da campanha foi superada. “Queremos externalizar o nosso muito obrigado a cada passo-fundense que ajudou. Em tempos difíceis, a solidariedade faz a diferença”, disse.

A partir de um cronograma de entrega, todos os alimentos arrecadados na campanha serão encaminhados à Semcas. Conforme o secretário de Cidadania e Assistência Social, Saul Spinelli, com o acompanhamento da Auditoria e Controle Interno do Município, eles serão distribuídos na sequência. “Hoje, temos quase 16 mil famílias acompanhadas. A distribuição será feita junto aos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e às entidades assistenciais, que estão na ponta atendendo a população”, afirma.

Gostou? Compartilhe