Parceria entre a Prefeitura e o CIEE oportunizará para jovens vagas no mercado de trabalho

Iniciativa possibilita que adolescentes atendidos pelo programa municipal Aprendiz Cidadão passem a integrar os programas Cidadão Legal e de estágio da instituição

Por
· 1 min de leitura
A SEMCAS forganiza conversas coletivas com os jovens assistidos pelo Aprendiz Cidadão (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF)A SEMCAS forganiza conversas coletivas com os jovens assistidos pelo Aprendiz Cidadão (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF)
A SEMCAS forganiza conversas coletivas com os jovens assistidos pelo Aprendiz Cidadão (Foto: Michel Sanderi/Divulgação PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma parceria entre a Prefeitura e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) encaminhará jovens para o mercado de trabalho. A partir de cadastros e entrevistas, adolescentes atendidos pelo programa municipal Aprendiz Cidadão poderão migrar para os programas Cidadão Legal e de estágio, desenvolvidos pelo CIEE.

Atualmente, 50 adolescentes, com idades entre 14 e 18 anos, integram o programa municipal Aprendiz Cidadão. Em ensino regular, eles atuam nas secretarias municipais, contando com bolsa remuneratória e adquirindo as primeiras experiências no mercado de trabalho.

A iniciativa tem como objetivos ofertar oportunidades e ampliar o número de vagas disponibilizadas entre todos os programas. “Com essa parceria, jovens que hoje realizam nas secretarias municipais terão outras possibilidades por meio do CIEE. Ainda, abriremos espaço para outros jovens que precisam ser integrados ao Aprendiz Cidadão, especialmente, os que estão em vulnerabilidade social”, explica o secretário de Cidadania e Assistência Social, Saul Spinelli.

De acordo com o supervisor executivo do CIEE, Adriano Lírio, ao serem selecionados pelo CIEE, os adolescentes poderão ser direcionados a vagas disponíveis nas empresas inscritas. “É com satisfação que estamos cadastrando esses jovens. É uma experiência que será utilizada por eles para o resto da vida. Isso é currículo e, sobretudo, um pontapé inicial para o futuro. Muitos profissionais bem-sucedidos iniciaram uma trajetória a partir de programas como esses”, afirma.

A Secretaria de Cidadania e Assistência Social (SEMCAS) organiza conversas coletivas com os jovens assistidos pelo Aprendiz Cidadão, seguindo todos os protocolos sanitários de prevenção ao coronavírus. Em seguida, os adolescentes passam por entrevistas individuais e cadastros com a equipe técnica do CIEE.

Gostou? Compartilhe