Susepe relata a prefeito a falta de médicos para atendimento de população carcerária

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Representantes da Susepe - Superintendência dos Serviços Penitenciários, estiveram reunidos na sexta-feira, 15, com o prefeito Luciano Azevedo, para solicitar melhorias junto ao Presídio Regional de Passo Fundo. Acompanharam o encontro o secretário de Obras, João Bordin, o articulador político, Ronaldo Rosa, e o presidente da Câmara de Vereadores, Márcio Tassi (PTB).

Na ocasião, foram solicitadas obras de canalização, melhorias no acesso e na iluminação do local. A falta de médico para atender aos presos também foi apontada durante a reunião, sendo que o único médico que atendia a cada duas semanas, voluntariamente, no presídio, não trabalha mais no local. Conforme Luciano, apesar de a responsabilidade ser do estado, o município irá buscar um contato com a Coordenadoria Regional de Saúde, para que um profissional seja direcionado para o atendimento dos apenados. Atualmente, a população carcerária de Passo Fundo é de, aproximadamente, 800 presos.

Gostou? Compartilhe