Nova diretoria do SESCON-RS toma posse também em Passo Fundo

A nova diretoria do sindicato patronal é sob o comando do empresário contábil Célio Levandovski

Por
· 1 min de leitura
Célio LevandovskiCélio Levandovski
Célio Levandovski
Você prefere ouvir essa matéria?

O SESCON-RS vislumbra novos horizontes. Aliás, essa foi a denominação da chapa vencedora na mais recente eleição da entidade, ocorrida em 15 de março. A nova diretoria do sindicato patronal, sob o comando do empresário contábil Célio Levandovski, tomou posse e já trabalha firme a serviço da sociedade. Na vice-Presidência da Região da Produção, assume Paulo Roberto Salvador. Entre os projetos a serem implementados estão a ampliação do setor de Capacitação, a manutenção do relacionamento com autoridades e veículos de comunicação e a criação de grupos de trabalho para atender as demandas de Passo Fundo e Região.


Por fazer parte da diretoria anterior e ter sido candidato de situação, Levandovski aposta na continuidade de práticas exitosas nas últimas gestões (Jaime Gründler Sobrinho e Diogo Chamun) com um olhar mais focado nos novos desafios. O rejuvenescimento da diretoria, com a entrada de vários jovens empresários, aliada a experiência dos que ficaram, é aposta do novo Presidente para a conquistas dos objetivos. “Acredito que o grupo irá corresponder com a exigida representatividade do SESCON-RS, como muito bem fizeram os presidentes Diogo Chamun e Jaime Gründler Sobrinho. Temos a convicção que a nossa gestão irá se pautar pelo diálogo, união e ética e acreditamos que o Emerson Brandão será uma forte liderança do SESCON-RS na Região Central do nosso Estado”, afirma.


Célio assume em um período de intensas mudanças, geradas pelo próprio SESCON-RS e por uma nova política sindical, a partir da reforma trabalhista. No que diz respeito a entidade, a entidade optou, no final de 2017, pela troca de federação. Saiu da Fecomércio-RS para se filiar à Fenacon, onde era apenas associada. “A recente filiação a Fenacon corrige o caminho natural, pois ela representa o segmento do qual defendemos em nível Estadual. Tenho certeza que esta migração trará excelentes frutos, pois é na Fenacon onde são discutidos os temas mais relevantes das empresas de serviços”, destaca. Quanto ao novo paradigma sindical nacional, Levandovski afirma que o SESCON-RS está preparado e seguirá defendendo suas mais de 20 mil empresas gaúchas com força e representatividade.


Novos horizontes
A nova diretoria do SESCON-RS tem mandato até o dia 30 de abril de 2022. A posse festiva está marcada para o dia 14 junho, em Porto Alegre, em uma solenidade que vai contar com a presença de representantes do setor de serviços, lideranças empresariais e autoridades governamentais. “Vamos pavimentar um caminho focado no futuro, mas atento a cada situação cotidiana que possa vir a beneficiar as empresas que representamos e a sociedade como um todo”, finaliza Levandovski.  As fronteiras foram transpostas e agora o limite é o horizonte. O SESCON-RS avança.

Gostou? Compartilhe