Egresso da UPF participa da construção de hospital para pandemia de Covid-19

O hospital foi construído pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em menos de dois meses sendo destinado a atender pacientes graves contaminados

Por
· 1 min de leitura
Renan Zanella Lorenzoni (esquerda) se formou em 2011 em Engenharia Mecânica na UPF. Foto: DivulgaçãoRenan Zanella Lorenzoni (esquerda) se formou em 2011 em Engenharia Mecânica na UPF. Foto: Divulgação
Renan Zanella Lorenzoni (esquerda) se formou em 2011 em Engenharia Mecânica na UPF. Foto: Divulgação

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

O egresso do curso de Engenharia Mecânica da Universidade de Passo Fundo, Renan Zanella Lorenzoni, formado em 2011, atuou na construção do Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19 no Rio de Janeiro.

Lorenzoni trabalha em uma empresa, com filial em Curitiba, especializada na instalação de ar condicionado. O hospital foi construído pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em menos de dois meses sendo destinado a atender pacientes graves contaminados pela Covid-19. “Sou natural e Erechim e moro onde tem obra. Já rodei o Brasil inteiro. Participar da construção do hospital foi uma experiência única, não sei se vou ter outra oportunidade na vida. Tínhamos um prazo apertadíssimo, mas foi muito gratificante. Todo mundo lutando para fazer acontecer, um clima diferente de obra normal. Tivemos mais de 400 pessoas trabalhando, dia e noite, durante 40 dias para concluir o hospital”, contou.

O hospital

Localizado em Manguinhos no Rio de Janeiro, o Centro Hospitalar para a Pandemia de Covid-19 – Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas já foi inaugurado e está em pleno funcionamento. O hospital conta com 196 leitos permanentes e foi construído com características específicas, aonde todos os leitos, contam com um sistema de isolamento com pressão negativa do ar, específico para infecções por aerossóis. No interior dos quartos, que são individuais, uma tubulação é responsável por sugar o ar contaminado que passa por um sistema de filtragem antes de ser eliminado por chaminés instaladas na parte externa da construção. Há, ainda, uma central de tratamento de esgoto própria, concebida para tratar resíduos com o novo coronavírus e garantir destino seguro do efluente gerado. “ Ele não é um hospital provisório, então será um legado para atendimento à saúde da população”, disse o egresso.

Sobre a formação na UPF, Renan relata que tem boas lembranças da Universidade. “Da UPF tenho boas lembranças, principalmente do corpo docente da Engenharia Mecânica. Foram professores sensacionais com quem tive orgulho de ter aprendido. A UPF é uma universidade muito boa e que abriu um campo de trabalho enorme para mim”, destacou.

Lorenzoni também participou da construção da Central de Testagem da Covid-19 no Rio de Janeiro.


Gostou? Compartilhe