Pandemia restringe celebrações de Corpus Christi

Os tradicionais tapetes de serragem não foram confeccionados

Por
· 1 min de leitura
 As paróquias foram aconselhadas a ampliar o número de missas (Foto: Gerson Lopes/ON) As paróquias foram aconselhadas a ampliar o número de missas (Foto: Gerson Lopes/ON)
As paróquias foram aconselhadas a ampliar o número de missas (Foto: Gerson Lopes/ON)
Você prefere ouvir essa matéria?

Pelo segundo ano consecutivo, em razão da pandemia, as celebrações de Corpus Christi em Passo Fundo foram adaptadas para cumprimento dos protocolos de distanciamento. Os tradicionais e coloridos tapetes de serragem não foram confeccionados. As missas presenciais aconteceram normalmente.

O arcebispo Dom Rodolfo Luís Weber enfatizou que as causas externas alteraram o modo de celebrar, mas não diminuíram a importância da solenidade. Ele também recomendou  que, para permitir uma maior e mais segura participação dos fiéis no atual contexto, as paróquias ampliassem o número de missas. Em razão das dificuldades econômicas de muitas famílias, a Arquidiocese de Passo Fundo orientou para a arrecadação de alimentos.

Significado

A expressão Corpus Christi vem do latim e significa Corpo de Cristo. Durante a última ceia Jesus pediu que celebrassem Sua lembrança comendo o pão e bebendo o vinho que se transformariam em seu Corpo e Sangue.

Gostou? Compartilhe