Empresários atentos ao melhor mês de vendas do ano

Com proximidade das festas natalinas, especialista destaca importância de estratégias para lucratividade dos negócios

Por
· 3 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Com a proximidade do mês de dezembro, quando as festividades natalinas abrem as carteiras dos consumidores, o comércio varejista, que é uma das mais importantes bases econômicas de Passo Fundo, inicia a preparação para a maior movimentação de vendas de todo o ano. Lucratividade é – quase – uma garantia do período. Para especialistas, é fundamental que haja a elaboração de estratégias para o bom desempenho nas vendas do período.

Conforme o administrador e consultor empresarial, Flavio Paim, para o setor, o maior desafio encontrado, hoje, na cidade e região, é a intensa concorrência. “São raríssimos os segmentos de mercado onde a concorrência é pequena”, destaca. “Soma-se à essa intensa concorrência um termo que utilizamos frequentemente em nossa consultoria, o "pocket share", a "fatia do bolso" do consumidor. Atualmente, o consumidor brasileiro, seja ele empresa ou pessoa física, está com o orçamento altamente comprometido”, ressalta Paim.

O especialista em estratégias comerciais afirma que, para a grande maioria dos negócios, a atividade de vendas deve ser uma prática constante, um processo permanente da empresa. “Entretanto, muitos negócios acabam tendo problemas na execução desse processo, percebendo altos e baixos em seus volumes de vendas ocasionando, muitas vezes, problemas financeiros que podem ser impactantes para a sustentabilidade do negócio”, explica. Segundo ele, para os negócios com foco no consumidor final, as vendas de final de ano são extremamente importantes, em diversos segmentos. “As festividades natalinas fazem com que o mês de dezembro represente o melhor mês de vendas de todo o período, por isso é fundamental que haja preparação para essas vendas de final de ano”, destaca. “Qualquer pessoa que construa um produto ou serviço sabe que, em algum momento, terá que vendê-lo. Entretanto, a abordagem de possíveis clientes em diferentes pontos da jornada de vendas exige abordagens diferentes. Sem uma estratégia para isso, você ficará cego e provavelmente não conseguirá produzir os melhores resultados”, esclarece o administrador.  

De acordo com Paim, é essencial que o gestor conheça bem o seu negócio, incluindo os movimentos do mercado em que está inserido e, principalmente, os comportamentos de seu consumidor. Ele afirma que cada segmento de negócio conta com características e realidades distintas e que, portanto, não é possível que sejam obtidos resultados satisfatórios simplesmente olhando os concorrentes ou o movimento de outros mercados. “É importante que o gestor observe se os resultados obtidos pelo seu empreendimento satisfazem as suas necessidades específicas. Isso parece ser bastante óbvio, porém, não é o que se observa no cotidiano, muitas vezes vemos empreendedores mais preocupados com os resultados de terceiros do que os do seu negócio”, explica.

A expectativa de vendas para este final de 2019 depende, segundo o consultor, de cada segmento. “Se for comércio, o empresário deve buscar fazer a diferença em seu negócio e entender bem o seu público. Muitos consumidores sofrem com a crise econômica, buscando preços mais baixos, mas ainda há espaço para produtos de qualidade e preço superior. É fundamental conhecer o seu próprio negócio”, pontua.

Cursos, novas visões e aperfeiçoamentos podem ser um diferencial no atual contexto. “Com o mercado cada vez mais competitivo, a preparação dos empresários e gestores deve ser aumentada. E entender a importância das Estratégias de Vendas, bem como aplicá-las na empresa, é essencial para que os bons resultados sejam alcançados e mantidos”, afirma Paim.

Com a intenção de oferecer uma preparação para empresários incrementarem os resultados de seus negócios, acontece, em Passo Fundo, no dia 31 de outubro, o workshop executivo, “Estratégias de Vendas – do Planejamento à Execução”. “Este treinamento foi pensado para líderes de vendas, gerentes comerciais e empresários que desejam atingir resultados de vendas consistentes e definir estratégias inteligentes, lucrativas e que gerem resultados efetivos para os negócios”, destaca o consultor, que irá ministrar o curso. Mais informações podem ser obtidas em www.flaviopaim.com.br.

Você sabe qual a diferença entre estratégia e técnica de vendas?

- A estratégia de vendas compreende o que a empresa decide ou não fazer em todo o seu processo de vendas. É através da estratégia de vendas que são definidos os objetivos de venda, políticas de preços e descontos, campanhas de vendas, metas e resultados esperados.

- Já as Técnicas de Vendas são os conhecimentos e habilidades técnicas que os vendedores empregam no desenvolvimento do processo de venda, que podem compreender técnicas de fechamento de negócios, superação de objeções, vendas SPIN, PNL, entre outros.

 

Gostou? Compartilhe