PIB do Rio Grande do Sul cresce 2% em 2019

A alta foi superior ao indicador do país, que registrou aumento de 1,1%.

Por
· 1 min de leitura
 Crédito:  Crédito:
Crédito:
Você prefere ouvir essa matéria?

Puxada pelo desempenho da agropecuária, a economia do Rio Grande do Sul cresceu 2,0% em 2019. O resultado positivo do Produto Interno Bruto (PIB) foi sustentado pelo bom comportamento das atividades no primeiro semestre do ano passado. Mesmo com uma desaceleração de 0,3% no quarto trimestre em relação a igual período de 2018, o PIB do RS em 2019 registrou alta acima da do indicador no país, que foi de 1,1%.

O resultado do quarto trimestre de 2019 e o acumulado do ano foram divulgados na manhã de ontem (11/3) pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE), vinculado à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag). A retração registrada nos últimos três meses de 2019 foi influenciada principalmente pelo resultado da indústria, que apresentou queda de 3,9%. No período, agropecuária (+3%) e serviços (+1,5%) registram os melhores números. No país, no quarto trimestre, o PIB acumulou alta de 1,7%.

De acordo com os pesquisadores do DEE, o resultado do último trimestre abaixo do restante de 2019 já era esperado. A indústria enfrentou forte desaceleração no período, especialmente o segmento de veículos automotores e o de máquinas e equipamentos, que tinham uma alta base de comparação em relação a 2018. A queda geral só não foi mais significativa por conta dos números da agropecuária no trimestre, tradicionalmente um período de pouco destaque para o setor.
Perspectivas para 2020
Em valores nominais, o PIB do RS em 2019 foi de R$ 480,577 bilhões, enquanto o PIB per capita foi de R$ 42.246,52, uma alta de 1,5% em relação a 2018. Para 2020, de acordo com a chefe da Divisão de Indicadores Estruturais do DEE, Vanessa Sulzbach, os primeiros acontecimentos do ano podem influenciar o desempenho da economia do Estado.

"Em função da desaceleração da economia mundial, decorrente dos efeitos do coronavírus e dos prejuízos que o produtor gaúcho terá que enfrentar devido à estiagem dos primeiros meses do ano, o prognóstico para este ano é ainda mais desafiador”, comenta.

Novo site do DEE

Juntamente com a divulgação do PIB do RS em 2019, foi também apresentado o novo site do Departamento de Economia e Estatística. O portal foi idealizado para tornar a experiência dos usuários mais intuitiva e agilizar o acesso às publicações, indicadores e dados produzidos pelo departamento, bem como a pesquisa de publicações anteriores realizadas pela Fundação de Economia e Estatística, extinta em 2018.

Gostou? Compartilhe