Anexo do Presídio Estadual de Soledade será reinaugurado hoje

Parte do prédio estava fechado desde abril de 2019, destruído por um incêndio criminoso

Por
· 1 min de leitura
Prédio ficou interditado após incêndio criminosoPrédio ficou interditado após incêndio criminoso
Prédio ficou interditado após incêndio criminoso
Você prefere ouvir essa matéria?

Fechado desde abril do ano passado, devido a danos provocados por um incêndio criminoso, o Anexo do Presídio Estadual de Soledade, na Região Norte do Estado, será reativado nesta sexta-feira (21), às 14 horas.
O ato de entrega contará com a presença do secretário da Administração Penitenciária (Seapen), Cesar Faccioli, e autoridades do local.

Com a recuperação da estrutura do Anexo, serão reativadas 62 vagas para os regimes aberto e semiaberto. Parte dos serviços contou com a mão de obra prisional de 20 apenados do regime fechado.

As reformas nas redes elétrica e hidráulica, que ficaram totalmente danificadas, foram executadas por uma empresa de engenharia. O custo total da obra foi de R$ 22 mil, custeados pela 4ª Delegacia Penitenciária Regional (R$ 3.200), Susepe (R$ 15.000) e Vara Criminal de Soledade, via Conselho Penitenciário (R$ 4.646,33). Os alojamentos também receberam novas pinturas e camas, e as janelas foram substituídas.

Conforme o administrador do Presídio, Clevison Brum, os 26 apenados, que estão em regime domiciliar, têm determinação da Justiça para retornar à unidade prisional já no próximo dia 21 de fevereiro.

Os 30 do regime semiaberto sem carta de emprego que foram transferidos para o Presídio Estadual de Soledade, na ocasião do incêndio, serão removidos para o Anexo.

O projeto arquitetônico contempla alojamentos separados para presos que saem para trabalhar e os que permanecem diariamente recolhidos no local.

Gostou? Compartilhe