BM e PC realizam transporte de vacinas para o interior do Rio Grande do Sul

Por
· 1 min de leitura
Sd Everton de David/Divulgação ON Sd Everton de David/Divulgação ON
Sd Everton de David/Divulgação ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Durante esta terça-feira (19), em um momento histórico para o povo gaúcho, a Brigada Militar e a Polícia Civil realizaram o transporte das vacinas contra o Convid-19 para as cidades do interior do Rio Grande do Sul. A base logística foi o hangar do Batalhão de Aviação da Brigada Militar, ao lado do aeroporto Salgado Filho, e contou com duas aeronaves da BM, e o apoio de um helicóptero da PC. Cinco regiões recebem as vacinas com por transporte aéreo.

A 5ª da Coordenadoria Regional da Saúde (CRS) da Secretaria Estadual da Saúde (SES), em Caxias do Sul recebeu as vacinas por meio do helicóptero Koala. Já o avião SuperKingAir B200 teve como destino a 11ª CRS da SES, em Erechim e na sequência 15ª CRS, em Palmeira das Missões, de onde por terra as doses seguiram também para a 2ª CRS em Frederico Westphalen.

Em um segundo vôo, foram atendidas a 6ª CRS da SES, em Passo Fundo, mas com pouso em Carazinho. Na sequência 12ª CRS, em Santo Ângelo, de onde por terra seguiram para a 14ª CRS em Santa Rosa e 17ª em Ijuí.

Além do auxílio do Batalhão de Aviação, a Brigada Militar prestou apoio via terrestre para que as vacinas chegassem em seus locais com segurança.

Do total de doses recebidas pelo RS, estão sendo distribuídas inicialmente 170,8 mil unidades. A quantidade remanescente das vacinas ficará armazenada pelo Estado para o posterior envio da segunda dose desse público, cuja previsão para aplicação é entre duas e quatro semanas após a primeira.

Inicialmente, o público a ser vacinado são os profissionais de saúde da linha de frente em hospitais, Atenção Básica e rede de urgência e emergência; pessoas acima de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPI) – asilos – e população indígena aldeada.

Gostou? Compartilhe