Investigação aponta para homicídio no presídio de Soledade

Um homem de 38 anos foi encontrado enforcado com uma corda na noite de terça-feira

Por
· 1 min de leitura
ClicSoledade/Divulgação ClicSoledade/Divulgação
ClicSoledade/Divulgação
Você prefere ouvir essa matéria?

A delegada Fabiane Bitencourt confirmou nesta quinta-feira (25), que o preso de 38 anos encontrado sem vida em uma cela no Presídio Estadual de Soledade pode ter sido assassinado. A polícia passou a investigar essa hipótese depois de informações fornecidas pelo médico legista, que apontou sinais de violência. Ele foi encontrado na noite de terça-feira enforcado com uma corda.

O homem foi preso na cidade de Arvorezinha no domingo (21), suspeito de cometer violência sexual contra a filha, de cinco anos. Após sua prisão, ele foi conduzido ao presídio de Soledade, onde permaneceu em um local de isolamento, com outros três presos, por 14 dias, em um procedimento que é protocolo sanitário adotado durante a pandemia.

 

A delegada Fabiane comentou que os laudos produzidos pelo Instituto Geral de Perícias devem ficar prontos em uma prazo de 14 dias, porém, as investigações já iniciaram, e a suspeita é que os próprios colegas de cela tenham cometido o crime e simulado o enforcamento. 


Gostou? Compartilhe