Atenção para a voz

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

No dia 16 de abril comemora-se o Dia Mundial da Voz. E quem já ficou um dia ao menos sem conseguir falar, sabe a importância de manter a saúde da voz e tomar cuidados para tudo continue funcionando bem. Mas algumas atitudes comumente adotadas nem sempre são eficazes. Muitas vezes, ao contrário de ajudar, prejudicam ainda mais. Preocupada com a recorrência desses hábitos, a ABLV (Academia Brasileira de Laringologia e Voz) aproveita a data para alertar a população sobre quais as atitudes corretas quando o assunto é manter a saúde da voz.

Recorrer a balas de gengibre ou pigarrear na intenção de "limpar" a garanta em um momento de dor e falha na voz são ações que, além de não fazerem bem, são condenadas pela academia. De acordo com especialistas, alguns hábitos e mitos podem ser extremamente prejudiciais para a voz.

Gritar, sussurrar, falar rápido e sem pausas respiratórias, ficar grandes períodos sem beber água e ter costumes alimentares que favoreçam o refluxo gastresofágico são práticas que devem ser evitadas. Outros vilões para a saúde da voz são cigarro e bebidas alcoólicas, automedicação,e mitos para o tratamento de problemas de laringe, como balas, salmoura e conhaque.
Com o lema Afine sua saúde. Cuide da sua voz, a Campanha Nacional da Voz, realizada pela ABLV chega a sua 11ª edição comemorando o oitavo Dia Mundial da Voz. O incentivo é um alerta à população sobre os cuidados que se deve ter com a voz, os hábitos que mais a prejudicam e os sintomas que sugerem alterações e distúrbios vocais.

Segundo Paulo Perazzo, presidente da ABLV, "as principais razões do agravamento de males relacionados à saúde vocal são os maus hábitos, tabagismo e etilismo, assim como a procura tardia do seu médico otorrinolaringologista". Em função disso, é ideal que se procure ajuda especializada em caso de rouquidão por mais de duas semanas, dificuldade ao engolir ou respirar e perda súbita de voz sem que haja um estado gripal associado.

Gostou? Compartilhe