R$ 63,3 milhões para 15 estados e o DF

Medicina & Saúde - A maior parte dos recursos - R$ 16,2 milhões - foi direcionada para a implantação de UPAs.

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Ministério da Saúde liberou cerca de R$ 63,3 milhões para serem investidos na assistência de Média e Alta complexidade de 15 estados, 39 municípios e o Distrito Federal. Os recursos estão previstos em 17 portarias publicadas no final do ano passado, no Diário Oficial da União (DOU). Os recursos devem ser aplicados na implantação de Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), na habilitação de novos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), na reestruturação de hospitais de ensino, na estratégia S.O.S Emergências e no custeio de leitos para tratamento com pacientes vítimas de acidente vascular cerebral (AVC).
A maior parte dos recursos - R$ 16,2 milhões - foi direcionada para a implantação de UPAs. Os Centros de Atenção Psicossocial receberão R$ 15,8 milhões para tratamento de pessoas com algum tipo de problema e com necessidades devido ao uso de crack, álcool e outras drogas.
O Rio Grande do Sul e a capital (Porto Alegre) vão contar com R$ 15 milhões para o custeio de leitos para pacientes em estado grave, vítimas de AVC. E para o Estado de Pernambuco, foram liberados quase R$ 14 milhões para serem aplicados em hospitais pernambucanos.

Gostou? Compartilhe