Tatuou e se arrependeu?

Conheça os procedimentos para remoção da tatuagem

Por
· 1 min de leitura
Dra. Juliana Rietjens é médica dermatologista na Saúde Center Clínica de TapejaraDra. Juliana Rietjens é médica dermatologista na Saúde Center Clínica de Tapejara
Dra. Juliana Rietjens é médica dermatologista na Saúde Center Clínica de Tapejara
Você prefere ouvir essa matéria?

As tatuagens são cada vez mais comuns na sociedade. Dos jovens aos idosos, ganha vem ganhando espaço na pele das pessoas. Refletem paixões, ideologias, homenagens e muita rebeldia. Do velho estilo monocromático às multicoloridas, estampam emoções e muita arte. Mas nem tudo é para sempre. O tempo passa, a metamorfose remodela as ideias e nem todos os amores são eternos. Então bate o arrependimento ou a necessidade de apagar as mensagens estampadas pelo corpo. Então é o momento de buscar auxílio médico. A remoção das tatuagens está levando muitas pessoas aos consultórios dermatológicos. A Dra. Juliana Rietjens, médica dermatologista, explica que atualmente o tratamento a laser é o mais utilizado para remoção de tatuagem e tem os melhores resultados.

Pode ser removida 

A primeira dúvida é saber se a tatuagem pode ser removida completamente. Na remoção da tatuagem a laser, o resultado final pode ser uma remoção completa ou quase completa. Esta resposta é variável, pois depende de outros fatores como: a cor da tinta, a profundidade da tinta na pele, o local do corpo onde ela se encontra e o tempo que a tatuagem foi feita, pois as mais antigas são mais fáceis de serem removidas. Os lasers mais indicados para a remoção de tatuagem são os Q. Switched de Nd Yag. Nesse tipo de tecnologia há disparos de grande quantidade de energia em pulsos extremamente rápidos (5 nano segundos), fazendo com que o pigmento seja atingido pelo laser, mas sem queimar a pele.

Tratamento e dor

A remoção do pigmento que foi fragmentado pelo laser se dá pela absorção da própria pele e este processo pode demorar até 60 dias. Então o intervalo entre as sessões pode ser de 45-60 dias, dependendo da dor da tatuagem e, se ela é amadora ou profissional, o número de sessões pode variar de 5 a 20. Este é um tratamento doloroso, tanto quanto fazer a tatuagem. Mas normalmente é feito sob o efeito de anestesia tópica (cremes) ou local (injetável), deixando assim bem mais confortável para o paciente.

 (Matéria completa em enossa edição impressa)

 

Gostou? Compartilhe