Hospital da Cidade realizou curso sobre Mobilização Precoce

A mobilização precoce é considerada uma prática que beneficia a recuperação do paciente

Por
· 1 min de leitura
Curso teve abordagem multiprofissionalCurso teve abordagem multiprofissional
Curso teve abordagem multiprofissional
Você prefere ouvir essa matéria?

O Serviço de Fisioterapia do Hospital da Cidade promoveu, em 20 e 21 de outubro, um curso de atualização profissional que abordou os protolocos de mobilização precoce, práticas, critérios de segurança e gestão de tempo, além de técnicas de transferência e retirada de leito. O curso aliou aspectos teóricos e práticos e foi ministrado pelo fisioterapeuta do Hospital Universitário da Universidade de São Paulo e especialista em Fisioterapia em Terapia Intensiva, Ivens Willians Silva Giacomassi. O evento integrou a programação que celebrou o Dia do Fisioterapeuta e do Terapeuta Ocupacional, lembrado no mês de outubro. A mobilização precoce é considerada uma prática que beneficia a recuperação do paciente, apresentando índices positivos na redução do tempo de permanência destes pacientes nas Unidades de Terapia Intensiva e Unidades de Internação. Quando aplicada adequadamente, representa uma redução da fraqueza muscular, adquirida principalmente em pacientes com longo tempo de internação. A abordagem multiprofissional destes casos propicia melhores práticas nas indicações de mobilização precoce, além do aprimoramento do processo de tomada de decisão da equipe de atendimento.

Gostou? Compartilhe