O zumbido que afeta o sono

Distúrbio pode ter origens diferentes e pode ser tratado

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A insônia é problema para muitas pessoas. As dificuldades para dormir são prejudiciais à saúde. Um dos distúrbios do sono é o zumbido. De acordo com a Dra. Thais Marques da Costa, médica otorrinolaringologista no Hospital de Clínicas de Passo Fundo, o zumbido é definido como uma sensação de som na ausência de um estímulo sonoro externo correspondente. Afeta pessoas de todas as idades, pode ser amenizado ou devidamente tratado.

 

Medicina & Saúde: O zumbido atinge muitas pessoas?
Thaís Marques da Costa: Quase todos os adultos já sentiram algum tipo de zumbido transitório em algum momento de suas vidas. Contudo, esse sintoma é crônico em 6 a 20% dos adultos.

 

M&S: Há uma faixa etária em especial?
TMC: O zumbido pode afetar pessoas de todas as idades, mas a prevalência do zumbido aumenta com a idade e em pacientes com perda auditiva.

 

M&S: O que causa o zumbido?
TMC: Zumbido é um sintoma causado por uma variedade de enfermidades.
Causas otológicas como perdas auditivas, metabólicas como alterações dos hormônios da tireoide, glicemia, doenças cardiovasculares como hipertensão arterial sistêmica, neurológicas como tumores do ângulo cerebropontino, uso de determinados medicamentos como salicilatos, antiinflamatórios, são alguns exemplos, das inúmeras causas para zumbido.

 

M&S: Como afeta o sono?
TMC: Geralmente, à noite com o silêncio, o paciente passa a observar mais o zumbido, dando a sensação que o ruído aumenta, e o cérebro o detecta como algo desconfortável/perigoso, o que vai acabar dificultando o sono.

 

M&S: Causa problemas apenas para iniciar ou também durante o sono?
TMC: A noite é o período no qual o zumbido é pior para a maioria dos pacientes, gerando ansiedade e dificultando a indução do sono.

 

M&S: Como amenizar o zumbido para conseguir dormir?
TMC: A orientação é tirar o foco do zumbido, o que pode ser feito através de ouvir música, o som da TV baixo, aplicativos com sons da natureza. Enfim ter outra fonte de geração de som, com o objetivo de diminuir a percepção do zumbido.

 

M&S: Isso tem cura?
TMC: Como o zumbido é um sintoma, o tratamento da doença que o provoca é imprescindível. Assim, a cura vai depender da causa do zumbido.

 

M&S: Qual o tratamento?
TMC: O tratamento do zumbido baseia-se nos seguintes passos: orientação, tratamento da doença de base, amplificação e enriquecimento sonoro, atuação nos fatores agravantes e tratamento medicamentoso, quando indicado.

Gostou? Compartilhe