HSVP é uma das Marcas Preferidas pelos Gaúchos em questão de Proatividade na Pandemia

Por
· 1 min de leitura
Presidente José Miguel Rodrigues da Silva com o certificado do prêmio (Foto Assessoria de Imprensa HSVP/Scheila Zang)Presidente José Miguel Rodrigues da Silva com o certificado do prêmio (Foto Assessoria de Imprensa HSVP/Scheila Zang)
Presidente José Miguel Rodrigues da Silva com o certificado do prêmio (Foto Assessoria de Imprensa HSVP/Scheila Zang)
Você prefere ouvir essa matéria?

Em cerimônia virtual, realizada nesta quinta-feira, 15 de abril, foram anunciadas as Marcas Mais Lembradas e Preferidas dos gaúchos em 2021, na 23ª edição da pesquisa Marcas de Quem Decide. O Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) de Passo Fundo foi certificado como uma das marcas preferidas na categoria Proatividade na Pandemia, categoria especial incluída no prêmio deste ano.

O presidente José Miguel Rodrigues da Silva e o superintendente Executivo Ilário De David, acompanharam a cerimônia e destacaram a importância deste reconhecimento. “A crise sanitária nos trouxe, diariamente, uma série de desafios e, também, a resiliência de nos reinventarmos, em prol de manter o atendimento à população de Passo Fundo e região. Fomos um dos primeiros hospitais brasileiros a fornecer dados e informações transparentes no Site da Instituição, sobre o atendimento a pacientes acometidos pela Covid-19. Trabalhamos com afinco no combate à crise sanitária e permanecemos proativos e atentos ao contexto, que ainda requer atenção e cuidados”, pontua Ilário. José Miguel complementa, agradecendo o trabalho de todas as equipes e o empenho de cada um ao enfrentar os desafios impostos pela pandemia. “Mesmo com o cenário adverso, o Hospital São Vicente de Paulo seguiu mantendo sua trajetória de buscar melhorar, inovar e oferecer segurança para seus pacientes. Ficamos lisonjeados em saber que estamos entre as marcas preferidas e agradecemos à população gaúcha pelo reconhecimento de um trabalho realizado com muita seriedade e profissionalismo, visando ao bem comum”.

 


Gostou? Compartilhe