Hospital Cristo Redentor e Hospital de Clínicas inauguram Unidade Oncológica

O novo serviço qualificará o atendimento quimioterápico aos pacientes da região de Marau

Por
· 2 min de leitura
Parceria estratégica: Unidade Oncológica HCR/HCPF (Foto: Divulgação/HCPF)Parceria estratégica: Unidade Oncológica HCR/HCPF (Foto: Divulgação/HCPF)
Parceria estratégica: Unidade Oncológica HCR/HCPF (Foto: Divulgação/HCPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

 O anúncio de parceria estratégica entre o Hospital Cristo Redentor de Marau e o Hospital de Clínicas de Passo Fundo foi feito em dezembro de 2019. O trabalho incessante das instituições foi concretizado nesta quinta-feira (22/07) com a inauguração da Unidade Oncológica HCR/HCPF, que disponibilizará atendimento quimioterápico oncológico e hematológico aos pacientes de Marau e região. O presidente da Associação Beneficente Hospitalar de Marau, Adelar Confortin ressalta que a parceria beneficia os pacientes oncológicos destes municípios, que podem continuar o tratamento quimioterápico no HCR. “Estamos felizes por estar concretizando um sonho do HCR de atender cada vez melhor os nossos pacientes e seus familiares. Hoje, nesta área da oncologia, estamos dando um passo muito forte, numa parceria que eu julgo inteligente com o Hospital de Clínicas. É importante nos aliarmos todos, ampliar nossas relações quando se tem o mesmo propósito, que é o de melhor atender, que é o de procurar facilitar a vida dos doentes e de seus familiares. Assim, estaremos cumprindo o nosso dever. Este é o sentimento da Diretoria.”

Sonho conjunto

A Unidade Oncológica contempla 137m² e está localizada no primeiro andar do HCR, com sala de espera específica, seis boxes de atendimento ao paciente, além de posto de enfermagem e salas de apoio administrativo e de serviços. “Esta iniciativa surgiu de um sonho em conjunto, tanto da região de Passo Fundo, quanto de Marau, em melhorar o tratamento e o atendimento dos pacientes oncológicos de Marau. Esta união está demonstrando força e desta forma nós vamos conseguir melhorar o tratamento dos nossos pacientes, deixá-los mais próximos da sua casa e, da mesma forma, qualificar o HCR no tratamento dos pacientes oncológicos. Juntos somos mais fortes, temos mais qualidade, empenho e possibilidades. Juntos, fazemos novos colegas e amigos. Juntos, melhoramos a qualidade do atendimento médico oferecido aos pacientes da nossa região. Agradeço ao Hospital Cristo Redentor de Marau pela oportunidade e desafio nesta parceria”, evidenciou a coordenadora médica do Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital de Clínicas, Dra. Julia Pastorello.

Marau e região

Inicialmente, o tratamento será direcionado à pacientes particulares e de convênios que residam em Marau ou municípios vizinhos. O objetivo principal é proporcionar maior conforto durante o tratamento, não tendo mais a necessidade de deslocamento à Passo Fundo. “É com muita alegria e orgulho que concretizamos esta parceria com o Hospital Cristo Redentor, unindo valorosos propósitos em favor da vida, presentes na missão do Hospital de Clínicas e do HCR. O que presenciamos hoje e que estará à disposição da comunidade é resultado de um projeto que começou a ser idealizado ainda em 2019. O tratamento oncológico destes pacientes poderá prosseguir aqui, mais próximo de suas casas, com conforto, humanização e profissionalismo”, enfatizou o presidente do Hospital de Clínicas, Paulo Adil Ferenci.

Equipe multiprofissional

O serviço de quimioterapia estará sob a responsabilidade de uma equipe multiprofissional, facilitando o atendimento e acompanhamento integral. O tratamento é definido pelo médico oncologista ou hematologista e pode ser realizado durante a internação ou em ambulatório. Além disso, pode ser efetivado com um único medicamento ou com a combinação de vários deles por via intravenosa (na veia ou por cateteres) ou via oral (comprimidos ou cápsulas). Quando definida a via de administração do quimioterápico, toda a equipe faz um planejamento do cuidado deste paciente e viabiliza as orientações para que este possa ter seu tratamento com menos efeitos colaterais possíveis. Na ocorrência de efeitos adversos o paciente terá a estrutura de internação próxima de seu lar e com cuidado direcionado às suas necessidades.

Gostou? Compartilhe