Passo Fundo deve receber mais de 6,5 mil doses de vacinas contra Covid-19

A Secretaria da Saúde (SES) irá distribuir amanhã (09) 325.195 doses para todo o estado

Por
· 1 min de leitura
As doses chegaram no estado entre sexta-feira (06) e sábado (07) (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)As doses chegaram no estado entre sexta-feira (06) e sábado (07) (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)
As doses chegaram no estado entre sexta-feira (06) e sábado (07) (Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini)
Você prefere ouvir essa matéria?

A Secretaria da Saúde (SES) irá distribuir amanhã (09) uma nova remessa com 325.195 doses de vacinas contra a Covid-19 para todo o estado. Passo Fundo deve receber 4.260 doses destinadas para primeira aplicação e 2.315 para segundas doses, totalizando mais de 6,5 mil doses.

No estado, 86.800 doses são da Pfizer e 122.850 da AstraZeneca, destinadas para a primeira aplicação. Elas foram recebidas entre sexta-feira (6) e sábado (7). Outras 115.545 doses de AstraZeneca estavam reservadas na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre, e serão distribuídas para quem alcançar o período da segunda dose.

Desta vez, todo o transporte das cargas de vacinas será realizado por via terrestre. Os imunizantes destinados para a primeira dose serão distribuídos de forma igualitária aos municípios para a ampliar a campanha de vacinação por faixa etária. Frascos de AstraZeneca, Pfizer e Janssen ficarão reservadas na Ceadi para distribuição posterior, podendo ser usado em possíveis ajustes no andamento da imunização.

Cronograma

A vacinação em Passo Fundo será ampliada amanhã (9). Pessoas com 28 anos completos ou mais poderão receber a primeira dose, além de gestantes, puérperas e lactantes. A vacinação será no CTG Lalau Miranda, das 8h às 13h.

A aplicação de segundas doses da AstraZeneca para quem tem prazo de até 17 de agosto para completar o esquema vacinal segue nas unidades de saúde.

Confira o cronograma completo, locais e documentos aqui.

Com informações da Secom/RS

Gostou? Compartilhe