Unidades de saúde estão preparadas para a vacinação contra a Covid-19

Com a descentralização da campanha, as aplicações serão realizadas em 17 salas de vacinação, situadas em todas as regiões da cidade

Por
· 3 min de leitura
Localização e condições para armazenamento foram os critérios para escolha das unidades (Foto: Michel Sanderi/PMPF)Localização e condições para armazenamento foram os critérios para escolha das unidades (Foto: Michel Sanderi/PMPF)
Localização e condições para armazenamento foram os critérios para escolha das unidades (Foto: Michel Sanderi/PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

A vacinação contra a Covid-19 terá sequência nesta semana com a aplicação de segundas doses. Após reestruturação da campanha com a descentralização do CTG Lalau Miranda, as aplicações serão realizadas em 17 unidades de saúde.

Um dos locais que fará as aplicações é a Unidade Básica de Saúde (UBS) Planaltina. A gerente do espaço, Cátia Rovani Seibel, falou sobre a expectativa da equipe. "Esperamos uma grande movimentação, pois deveremos receber pessoas do entorno do bairro. Mas temos uma sala de vacinação adequada para que o processo seja tranquilo", disse.

Para otimizar o fluxo de atendimentos, a unidade tem dialogado com as famílias da região. "Estamos organizando com as famílias para que quem tem outras vacinas para fazer venha até a unidade pelo período da tarde", descreveu Cátia.

As 17 unidades que vacinarão contra a Covid-19 foram escolhidas a partir de critérios como localização e condições para armazenamento, como identificou a secretária de Saúde, Cristine Pilati. “As condições técnicas dos nossos vacinadores e das salas de vacina são muito adequadas. Nós pensamos em logística de distribuição, características físico-químicas das vacinas e acessibilidade. Vamos 

analisar o novo formato e, se constatarmos a necessidade, modificaremos estratégias. Queremos continuar tendo um satisfatório andamento da vacinação e acreditamos que essa transição será tranquila para as equipes de saúde e para a população”, considerou.

A descentralização, conforme Cristine, além de aproximar a vacinação das comunidades, vai impactar em todo o atendimento da atenção básica. “São muitos profissionais envolvidos na 

vacinação contra a Covid-19, que foram remanejados de seus locais de trabalho. As unidades também precisam que eles retornem para atender os usuários do Sistema Único de Saúde em outras necessidades da população”, ponderou.


*Saiba quando será a sua vez*

A vacinação com segundas doses será realizada de segunda a sexta-feira. Em cada dia, haverá a aplicação de um único imunizante, garantindo o melhor aproveitamento. A ideia é que haja um dia para AstraZeneca, dois para Pfizer e dois para Coronavac, que são as vacinas disponíveis na rede.

Diante da definição das datas de aplicação de cada vacina, a Prefeitura publicará o cronograma semanal de vacinação. Os públicos-alvo serão chamados conforme o aprazamento da carteirinha de vacinação e faixa etária. Quem não lembra da sua data programada para a segunda dose poderá consultar pelo aplicativo Conecte SUS.

Nesta quarta-feira (8), haverá aplicação de AstraZeneca para quem tem prazo de até 13 de setembro para completar o esquema. Já na quinta (9) e sexta-feira (10), será disponibilizada Pfizer para quem tem até 17 de setembro para a conclusão.


Locais de vacinação


Ambulatório de Especialidades

  • Rua Coronel Kraemer, 12, Centro


UBS Parque Farroupilha

  • Rua Tramandaí, 101, Parque Farroupilha


ESF São Luiz Gonzaga

  • Rua Francisco Formigheri, 345, Bairro São Luiz Gonzaga


ESF Adirbal Corralo

  • Rua Uruguaiana, sem número, Vila Fátima


Ambulatório São José

  • Avenida Luís de Camões, 217, Bairro São José


Cais Vila Luíza

  • Rua Gervásio Annes, 303, Vila Luíza


ESF Planaltina

  • Rua Delmar Sitone, 385, Planaltina


UBS Vila Nova

  • Rua Aspirante Jenner, sem número, Bairro Santa Maria


ESF São Cristóvão

  • Rua João Pessoa, 364, São Cristóvão


Cais Boqueirão

  • Rua Coronel Pitinga, 11, Bairro Edmundo Trein


ESF Nenê Graeff

  • Rua Amilton Portes da Silva, 120, Bairro Nenê Graeff


ESF Santa Marta/Donária

  • Rua Palmares, 434, Bairro Donária


ESF Adolfo Groth

  • Rua Coronel Bicaco, 991, Bairro Morada do Sol


ESF Jaboticabal

  • Rua Alvorada, sem número, Bairro Jaboticabal


ESF Zachia

  • Rua Argemiro Ferreira, 70, Bairro Zachia


Cais Hípica

  • Travessa Osvaldo Motta Fortes, 30, Bairro Hípica


Central de Vacinas (Para gestantes e puérperas que tiveram filhos em até 45 dias e situações especiais que serão divulgadas)

  • Rua Uruguai, 667, Centro


Primeiras doses

Sobre a aplicação de primeiras doses, a secretária de Saúde enfatizou que haverá repescagens, que serão efetuadas conforme o quantitativo de doses disponíveis na rede. “Avaliando a evolução da vacinação, planejaremos datas e locais para que quem não fez a primeira dose possa iniciar o esquema”, enfatizou.

Ainda de acordo com Cristine, não há previsão de data de início da vacinação de adolescentes sem comorbidades. O Município aguarda determinações do Ministério da Saúde e acordos da Comissão Intergestores Bipartite (CIB). “Os adolescentes precisarão esperar. Foi definido que, antes de vacinarmos esse grupo dos 12 aos 17 anos, faríamos as terceiras doses de idosos com mais de 70 anos, o que está previsto para a segunda quinzena de setembro, quando o governo federal, indicou que enviará doses, e pode mudar com pactuação da CIB”, salientou.


Mais informações

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 3046-0097.

Gostou? Compartilhe