Pesquisadores da Fiocruz apontam maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil

Das 27 unidades federativas, 24 estados e o Distrito Federal estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 iguais ou superiores a 80%

Por
· 1 min de leitura
Foto: Diego Vara/Reuters/Agência Brasil Foto: Diego Vara/Reuters/Agência Brasil
Foto: Diego Vara/Reuters/Agência Brasil
Você prefere ouvir essa matéria?

Os pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) afirmaram, na terça-feira (16), que o país atravessa o maior colapso sanitário e hospitalar da história do Brasil.

Segundo o Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 da Fiocruz, das 27 unidades federativas, 24 estados e o Distrito Federal estão com taxas de ocupação de leitos de UTI Covid-19 para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) iguais ou superiores a 80%, sendo 15 com taxas iguais ou superiores a 90%. Em relação às capitais, 25 das 27 estão com essas taxas iguais ou superiores a 80%, sendo 19 delas superiores a 90%. 


Os dados são das secretarias estaduais de Saúde e do Distrito Federal, e das secretarias de Saúde das capitais. O mapeamento, conforme a Agência Fiocruz, traz dados obtidos desde 17 de julho de 2020. 


Gostou? Compartilhe