Aula Inaugural marca início do Mestrado em Odontologia

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Recomendado pela Capes na sua primeira avaliação, o Programa de Pós-graduação em Odontologia (PPGOdonto) da Universidade de Passo Fundo (UPF) reuniu acadêmicos da graduação e do curso de mestrado para uma Aula Inaugural. Com o tema Perspectivas da Pós-graduação no Brasil, a Aula Inaugural foi ministrada no último dia 22 de março, pelo membro do Comitê de Avaliação da Capes na área de Odontologia, Cassiano Kuchenbecker Rösing.

Rösing estabeleceu uma reflexão sobre o papel da pós-graduação na área da Odontologia. Depois de mostrar as diferenças da pós-graduação Lato Sensu, voltada à especilização, e a Scricto Sensu, para mestrado e doutorado, o palestrante abordou a odontologia enquanto ciência. “A odontologia é uma profissão científica. Muito mais que mão, é preciso ter cabeça”, declarou, assegurando que o profissional deve ter capacidade de ser crítico e, voltando-se para a docência, afirmou que o ensino não se faz sem que haja dialética.

Outro ponto abordado por Rösing foi a produção intelectual brasileira na área, que segundo ele, teve um aumento significativo na década de 1990, sendo considerada por ele como a ‘reviravolta da Odontologia’. O crescimento da produção científica na área foi exemplificado com alguns dados, como os 2185 artigos científicos produzidos em 2007, o que colocava o Brasil na 15º posição na produção de conhecimento mundial. Conforme ele, em 2009 o Brasil já passou para a 13º posição no mesmo ranking. Sobre as perspectivas, o palestrante destaca a dificuldade de muitos pesquisadores em publicarem suas produções científicas. “A perspectiva é de que o Brasil continue crescendo na produção, de um número que está bom. O que não está bom é o impacto que elas deveriam causar”, pontuou. De acordo com Rösing, é necessário avançar em qualidade, “fazer ciência de primeira qualidade para ter citações dos artigos publicados”.

Concretização de um projeto
O oferecimento do Mestrado em Odontologia da UPF é a concretização de um projeto que há anos envolve a comunidade acadêmica daquela unidade, lembrou o vice-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UPF, Hugo Tourinho Filho. Ele destacou, também, que a Aula Inaugural coroa uma iniciativa de êxito, que trará benefícios tanto a alunos de graduação, quanto de pós-graduação da área.

Em seu discurso, o diretor do PPGOdonto, Álvaro Della Bona, pontuou que o curso foi planejado para ultrapassar deficiências e incentivar a qualificação de professores e doutores. Segundo ele, os alunos desta primeira turma do mestrado já fazem parte da história da Faculdade e são os responsáveis pelo sucesso do programa.

Gostou? Compartilhe