Estado diz que já cumpriu as determinações da Anac

Administrador do Aeroporto de Passo Fundo aguarda a liberação dos voos. Avianca oferece translado aos passageiros até o Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Departamento Aeroportuário do Governo do Estado, que é responsável pela administração do Aeroporto Lauro Kourtz de Passo Fundo, confirmou no final da tarde desta quinta-feira (26) que já cumpriu todas as exigências da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Segundo o secretário adjunto de Infraestrutura e Logística, Claudemir Bragagnolo, a expectativa é que a agência retire a restrição dos voos com aeronaves que operam na categoria contra incêndio quatro ou superior (Avianca) ainda nesta semana. “Em um dia resolvemos o que tinha que ser resolvido, agora é aguardar para o restabelecimento do Aeroporto”, relatou.

Bragagnolo explicou que o governo enviou ainda ontem um relatório para a Anac com fotos dos equipamentos exigidos já instalados no aeroporto. “Instalamos o alarme de emergência no terminal e os rádios de comunicação da torre de comando também já estão em funcionamento. Além disso, foram realizadas melhorias na pista de manobra da Brigada de Incêndio, com o apoio da Prefeitura de Passo Fundo”, destacou. No relatório também consta a documentação que comprova a formação de seis bombeiros no combate a incêndios em aeronaves, além da escala de plantão que prevê a presença de pelo menos um servidor da equipe com a formação exigida pela Anac. A sessão de incêndio do aeroporto possui dois caminhões, um deles é equipado com tecnologia de ponta e custou ao Estado R$ 1,2 milhões.

Alarme

Segundo o Tenente Coronel Jorge Reginaldo Petersen Morais, Comandante do 7º Comando Regional dos Bombeiros, a Anac apontou falhas na seção de incêndio, especialmente no sistema de comunicação entre a torre do aeroporto com a guarnição dos bombeiros, localizada ao lado do terminal. “Eles solicitaram a instalação de um sistema de alarme e de rádio e comunicação entre a parte operacional dos bombeiros com os controles de vôos do aeroporto. No momento em que ocorrer um sinistro, o alarme aciona e automaticamente a guarnição é comunicada para iniciar o combate”, relatou.

Rádio

Além disso, a agência também exigiu instalação de um sistema de rádio próprio para o aeroporto, que funciona com uma freqüência que não interfere no sistema de comunicação entre as aeronaves com a torre de controle.

Pista

A pista onde o caminhão dos bombeiros realiza as manobras também foi alvo da vistoria. Segundo o comandante, a Anac exigiu melhorias na pista, como a colocação de asfalto e também para aumentar a visibilidade da pista.

Guarnição
Segundo o comandante, o último curso especializado em combate de incêndios em aeronaves foi realizado 1996, quando 20 bombeiros participaram da formação em Caxias do Sul. Destes, somente seis ainda estão na corporação. Por isso, a Anac também exigiu que outros 40 bombeiros realizassem o curso nos próximos meses. “Vamos atender o aeroporto em regime de plantão de 12 horas com três bombeiros, sendo que um deles vai ter a formação em combate de incêndios em aeronaves. Com mais servidores formados, podemos organizar melhor a escala de plantões”, esclareceu. Segundo a Anac, o curso de formação para profissionais do Sistema de Resposta à Emergência de Aeródromos são oferecidos pela Infraero e pela Aeronáutica. A emissão de autorização também é realizada por estes órgãos, cabe a ANAC somente verificar se todos os profissionais que irão atuar no aeródromo possuem essa licença.

Avianca
A Avianca informou que recebeu a autorização da Anac para operar com dois voos diários de Chapecó (SC) para Guarulhos (SP) para hoje e domingo (29). No sábado a companhia não realiza o trajeto. A venda de passagens, que estava suspensa nesta quarta-feira, voltou a ser realizada, com a opção de translado de Passo Fundo para Chapecó. Nestes dois dias, os horários dos voos com origem e destino para Passo Fundo permanecem os mesmos – 15h15 embarque para São Paulo e 13h15 saída de São Paulo, porém com embarque e desembarque na cidade catarinense. Para isso, a Avianca disponibiliza o transporte de ônibus do aeroporto de Passo Fundo até Chapecó sempre às 10h30 e no caminho inverso às 14h30. Segundo o vice-presidente comercial e marketing da Avianca, Tarcisio Gargioni, nessa quinta-feira apenas 39 passageiros viajaram de ônibus até Chapecó com destino a São Paulo. “Esperamos que as adequações no aeroporto de Passo Fundo fiquem prontas até domingo e as operações podem voltar ao normal na próxima semana”, concluiu.

Gostou? Compartilhe