Demanda por combustível é grande em Passo Fundo

Consumo no município é de 230 a 250 mil litros por dia. Crescimento da frota de veículos contribui para esta demanda

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Para atender os cerca de 100 mil veículos de Passo Fundo é preciso muito combustível. Conforme informações da direção do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes no RS (Sulpetro) em Passo Fundo, o município consome mais de 230 mil litros de combustíveis por dia. Um dos motivos para a crescente demanda é o aumento de veículos.

Um posto de combustível localizado na Avenida Presidente Vargas, no bairro São Cristóvão registrou falta de gasolina na manhã de ontem (31). Segundo a gerente de pista do estabelecimento, Ester Amarante, os pedidos são feitos diariamente, mas na manhã de quarta-feira (31), dezenas de clientes deixaram de abastecer no local, porque não havia gasolina. “É muito chato ter que explicar para os clientes esta situação. A gente faz um pedido e a companhia entrega a metade. Eles informam apenas que o consumo está grande. Estamos preocupados com o feriadão”, disse a gerente.

Segundo um dos diretores da Sulpetro em Passo Fundo, Roger Adolfo Lara, a situação deste posto foi um caso isolado. A falta de combustível que afetou o município na metade do mês de outubro já foi normalizada. “As companhias estão entregando normalmente. A situação já foi restabelecida e não temos registros de novas faltas”, disse Lara.

No entanto, o diretor da Sulpetro frisou que as companhias não descartam a falta de combustível em um futuro próximo. “A Petrobrás está dando sinais de que aumentará o preço, o consumo de combustível aumentou e as refinarias não estão plenamente preparadas para atender a demanda das companhias”, explicou Lara.

Entre as razões para o crescimento do consumo no município está o aumento da frota de veículos. Neste ano, segundo dados do Denatran, a frota no município já está em 102 mil veículos. “As reduções de IPI estimulam a compra de veículos e consequentemente aumentam a demanda de consumo de combustível. É um ciclo”, avaliou o diretor da Sulpetro em Passo Fundo.
Conforme Lara, os cerca de 70 postos de combustíveis localizados no município estão são suficientes e estão estruturados para atender a demanda.  No próximo dia 12 de novembro, a presidência da Sulpetro estará em Passo Fundo. Uma reunião será realizada às 19h30, no Clube Caixeiral.

Gostou? Compartilhe