Cuidar do meio ambiente para transformar o mundo

UPF sedia nesta terça-feira e quarta-feira a II Conferência Infanto-juvenil do Meio Ambiente que debate os cuidados com a vida e a natureza

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Jovens e professores de escolas públicas e particulares de Passo Fundo participam nesta terça e quarta-feira, dias 20 e 21 de novembro, da II Conferência Infantojuvenil do Meio Ambiente, V Encontro Infanto-juvenil do Meio Ambiente e I Mostra Escolar. As atividades fazem parte do Programa Outubro Ambiental do projeto Goio-En, desenvolvido em parceria entre a Universidade de Passo Fundo (UPF), por meio do Instituto de Ciências Biológicas (ICB), Centro de Ciências e Tecnologias Ambientais (CCTAM), além da Agenda 21 Local, Assembleia Permanente pela Preservação Ambiental e Secretaria Municipal do Planejamento, associações, entidades e escolas. O encontro acontece no Centro de Eventos da UPF, Campus I.

O tema escolhido para a segunda edição foi “Vamos cuidar de Passo Fundo e do Brasil com escolas sustentáveis”. Entre os assuntos debatidos estão o saneamento básico, água, esgoto e resíduos; segurança alimentar; proteção da biodiversidade; cultura de paz; solidariedade e cooperação. Presente na abertura do evento, a vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários Bernadete Dalmolin agradeceu a grande participação das escolas. Destacou ainda a importância de atividades como esta para transformar a realidade. “Este espaço é fundamental para que os nossos jovens pratiquem o protagonismo diante dos desafios que o mundo apresenta. Se nós tivéssemos a coragem destes jovens há 20 anos, certamente hoje teríamos mais qualidade de vida”, observou.

O objetivo da Conferência é contribuir no processo de educação socioambiental local, incentivando escolas a realizar projetos que culminem na socialização e troca de experiências com a formação de multiplicadores. Para o secretário executivo da Agenda 21, professor Ademar Marques, cada vez mais as escolas precisam tomar consciência sobre a preparação da juventude para a preservação do meio ambiente. “Temos que preparar os alunos para uma nova perspectiva de sociedade. De nada adianta pensarmos no desenvolvimento apenas pelo viés econômico, desconsiderando o ciclo da vida. Neste processo de educação ambiental, a conferência se constitui numa oportunidade de construção coletiva de uma mudança de atitude e de cuidado com a preservação ambiental”, destacou, lembrando que o encontro também prepara os estudantes para as conferências estadual e nacional que ocorrem em 2013.

Participaram da mesa de abertura o vice-prefeito de Passo Fundo Rene Ceconello, a secretária de Educação Vera Maria Vieira, o secretário do Meio Ambiente Clóvis Alves Oliboni, e representantes da 7ª Coordenadoria Regional de Educação, entidades e associações parceiras do projeto.

Interação e aprendizado
A programação inclui a I Mostra Escolar. As escolas preparam apresentações artísticas, além de realizarem uma exposição com os projetos desenvolvidos. Na opinião da professora Maria Izabel Bristott, da Escola Estadual de Ensino Fundamental Passo Fundo, antiga Escola Aberta, a participação dos alunos na Conferência vem ao encontro de todo o trabalho que é desenvolvido ao longo do ano. “É a possibilidade de integrar o nosso fazer diário a uma situação maior e nos engajarmos nas propostas de outras instituições para que os projetos de sustentabilidade aconteçam e possibilitem uma realidade melhor para os alunos”, ressaltou.

Para os alunos, o evento também é uma oportunidade de interação e troca de experiências, uma vez que abre espaço para debates, reflexões e também para exposição de ideias. “Participar ajuda na formação. É uma experiência que contribui para que possamos fazer a diferença na escola, em casa e na sociedade, distribuindo conhecimento e boas ideias”, observou a aluna Ethienne Simioni Rodrigues, da Escola Estadual Monteiro Lobato.

Apresentações artísticas e programação
Os debates e palestras são enriquecidos pelas diversas apresentações artísticas elaboradas pelas escolas que participam da Conferência. Na abertura os presentes acompanharam a apresentação do Coral da Escola Menino Deus e um teatro elaborado pelos alunos da Escola Estadual Wolmar Salton.

A programação segue nesta quarta-feira (21/11) a partir das 8h no Centro de Eventos da UPF, Campus I. O encerramento está previsto para às 17h.

Gostou? Compartilhe