Em reunião com empresários, prefeito fala de confiança no futuro da cidade

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Falar sobre Passo Fundo aponta para uma construção coletiva de pessoas que fazem daqui sua cidade. Com um olhar otimista e apresentando um resgate histórico, o prefeito Luciano Azevedo participou nessa segunda-feira (28) da reunião-almoço da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Agronegócio de Passo Fundo (Acisa), no Clube Comercial, onde mostrou um panorama das principais potencialidades e marcas do município.

Para o presidente da Acisa, Lamar Sakis, o encontro é uma homenagem aos 160 anos de Passo Fundo. “Neste aniversário, nada mais justo do que termos aqui o prefeito falando sobre a cidade com este olhar otimista, que também é o da Acisa”, ressaltou. 

O município já ganhou diversos reconhecimentos em pesquisas, índices e prêmios que apontam as características de uma das melhores cidades para se viver. Por isso, o tema escolhido pelo prefeito Luciano foi falar sobre a cidade. “Tenho falado muito sobre a gestão de Passo Fundo nos últimos tempos, o que tem nos dado muitos reconhecimentos. Apenas neste primeiro semestre recebemos 42 prefeitos do estado e de fora, que vieram conhecer a administração, além de inúmeros convites. Hoje, escolhi falar sobre Passo Fundo e a expectativa otimista que tenho da cidade, trazendo muitas coisas que acontecem agora, quando vivemos um período de crise e recessão no Brasil”, disse ele. 

O investimento em empresas locais é uma das referências que fazem a cidade crescer e oferecer oportunidades. A aposta das empresas são exemplos disso. Recentemente, a São João investiu um valor superior a R$ 100 milhões em um novo Centro de Distribuição; a BSBios, com a licença de operação ampliada em 33%, aumentou de 216 milhões para 288 milhões de litros de biodiesel, em um recolhimento anual de mais de R$ 24 milhões em ICMS; a Italac investiu cerca de R$ 80 milhões na nova linha de produção de leite condensado; e a Biotrigo teve um acréscimo de 72% nos postos de trabalho em 2017. Estes são alguns dos exemplos que fazem Passo Fundo ser a melhor cidade para se investir em negócios no interior do RS de acordo com a Revista Exame.

Tudo isso, em tempos que o Brasil vive um período difícil em diversas áreas. Além de apostar no município, os investimentos geram empregos e aumentam a renda da população. No Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), Passo Fundo está na 6ª posição entre os municípios com mais de 100 mil habitantes. Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB) no Rio Grande do Sul, Passo Fundo é a 7ª maior economia.

Mais pontos contribuem para que a cidade seja reconhecida: saúde e educação. Na saúde, atuando como principais referências, o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) e o Hospital da Cidade (HC) são locais que recebem milhares de pessoas para atendimentos variados, tanto moradores de Passo Fundo como de outras cidades e estados. Juntos, somaram 1,4 milhão de atendimentos ambulatoriais e mais de 132 mil atendimento de urgência e emergência apenas no ano de 2016. Em conjunto com o trabalho realizado pela rede municipal de saúde, a cidade conquistou o título de uma das melhores cidades brasileiras de porte médio em saúde pelo Prêmio da Revista IstoÉ. 

A redução da mortalidade infantil é uma das grandes vitórias, com uma redução de 30% entre 2013 – com índice de 12.9 e 2016 – com índice de 9.4. Isso se dá principalmente por ações como o Programa Meu Bebê, Meu Tesouro da Prefeitura, que atende cerca de 1.700 gestantes vulneráveis, seja por questões de saúde, familiar ou financeiras, sendo oferecido em toda a rede municipal. O número da redução é significativo, principalmente pela média do Rio Grande do Sul, que é de 10.1. 

Na educação Passo Fundo também se destaca, são mais de 27 mil alunos nas unidades de ensino superior do município, como Universidade de Passo Fundo (UPF), IMED, Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) João Paulo II, Ideau, Anhanguera, entre outros. Os cursos de graduação e pós-graduação são oferecidos nas mais diversas áreas do conhecimento. 

O investimento em novas escolas, unidades de saúde e espaços públicos agregam ao cenário para que Passo Fundo seja parâmetro de uma cidade que cada vez mais desperta interesse de outros municípios que buscam exemplos, além de incentivar que a comunidade seja ativa e participante. Ainda pela Revista IstoÉ, Passo Fundo é a 5ª melhor cidade do Brasil entre municípios de porte médio e a 49ª melhor cidade do Brasil, ou seja, um lugar cada vez melhor para se viver. 

Gostou? Compartilhe