IBGE abre 220 vagas temporárias em Passo Fundo

As inscrições para agente censitário e recenseador podem ser feitas até 24 de março

Por
· 2 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

 Estão abertas as inscrições para os processos seletivo de contratação temporária para a função de Agente Censitário e Recenseador no Censo Demográfico 2020 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao todo são mais de 200 mil vagas disponíveis no país. Passo Fundo é um dos municípios com posto Coleta, que abrange as cidades de Coxilha, Ernestina, Mato Castelhano, Nicolau Vergueiro e Pontão. Na cidade estão disponíveis 30 vagas para Agentes e 190 para Recenseadores.


A área de jurisprudência da agência passo-fundense do IBGE abrange 26 municípios. Ao todo, estão disponíveis 398 vagas em toda a região, com postos de coleta presentes também nos municípios de Sertão, Ciríaco, David Canabarro, Casca, Soledade, Fontoura Xavier, Tio Hugo e Marau. O coordenador de área do censo demográfico 2020, Jorge Bilhar, destaca a importância das contratações. “Necessitamos dessas pessoas para executar o censo”, afirma. Ele explica que a quantidade de vagas é definida pelo governo federal levando em conta o orçamento. A tecnologia é outro fator determinante neste ano, contribuindo para a diminuição do número de contratados. Neste ano os dados serão apurados em tempo real e transmitidos via satélite, o que deve facilitar a coleta, de acordo com Bilhar.


As vagas para agentes censitários municipais, agentes censitários supervisores exigem o nível médio de educação. Já para as vagas de recenseadores o requisito é o nível fundamental completo. Os profissionais contratados temporariamente pelo IBGE também terão direito a férias e 13º salários proporcionais, conforme os editais, além de auxílio alimentação, vale transporte e auxílio pré-escolar. Os profissionais devem começar a trabalhar entre os meses de junho e julho. A previsão é que os contratos durem até três meses, podendo ser renovados.
Os Agentes Censitários Municipais serão definidos a partir da colocação no resultado do concurso e a remuneração para esta função é R$ 2.100. Eles serão responsáveis pela coordenação da coleta na cidade. Os demais agentes censitários supervisionarão as equipes de recenseadores, nesta função a remuneração é R$ 1.700. Já os recenseadores receberão conforme a produtividade, de acordo com o número de domicílios visitados. Os valores podem ser simulado no site das inscrições: https://www.cebraspe.org.br/.

 

Inscrições e Provas

As inscrições podem ser feitas até 24 de março. A taxa de inscrição para as funções de nível médio é de R$ 35,80 e para Recenseador, de R$ 23,61. As provas serão realizadas em todos os municípios onde houver vagas. Os exames para Agentes serão em 17 de maio e para Recenseadores em 24 de maio. Inscrições e editais pelo site: https://www.cebraspe.org.br/.

 

Censo 2020
O Censo deste ano está previsto para começar em 1º de agosto e terminar em outubro. Para sua realização, Bilhar espera o apoio da população para responder ao questionário. “Irá interferir na vida de cada cidadão brasileiro”, destaca. As informações levantadas pelo Censo definem ações como repasse de recursos e verbas. Entre os dados que serão levantados este ano, o coordenador ressalta o recenseamento das pessoas autistas e das comunidades indígenas e quilombolas. O questionário também poderá confirmar a estimativa da população de Passo Fundo e se houve uma redução da população rural.

Gostou? Compartilhe