Casa de repouso registra surto de coronavírus em Passo Fundo

Primeiro caso foi confirmado na manhã deste sábado (25); 18 idosos foram infectados

Por
· 1 min de leitura
Foto: DivulgaçãoFoto: Divulgação
Foto: Divulgação
Você prefere ouvir essa matéria?

A casa de longa permanência de idosos Nossa Senhora da Luz, localizada no bairro Lucas Araújo em Passo Fundo, registrou, na manhã deste sábado (25), um surto de coronavírus entre os idosos assistidos pelo centro de referência.

Segundo informações apuradas pela reportagem do jornal O Nacional, o primeiro caso positivo de Covid-19 foi confirmado nesta manhã através de um teste rápido para detecção da doença. Na quinta-feira (23), contudo, dois idosos, sem idades reveladas, foram levados ao Pronto-Atendimento do Hospital São Vicente de Paulo (HSVP) com um quadro febril. "Nenhum deles, até então, tinha algum sinal de intercorrência", disse o diretor do lar de idosos, Jonathan dos Santos de Souza. Os resultados da sorologia encaminhada pelo Hospital de Clínicas de Passo Fundo (HC) atestou 18 contaminações da unidade residencial. Em nota, a entidade ponderou que sete idosos apresentaram síndromes respiratórias, mas com teste negativo para coronavírus.

A casa de acolhimento às pessoas da terceira idade, como ponderou, é responsável por atender 48 idosos, que estão em isolamento social obrigatório decretado por uma medida provisória específica para os lares de longa permanência. Sem nenhum contato com familiares, desde então, a suspeita é de contágio transmitido por um dos 40 profissionais, entre cuidadores, técnicos de enfermagem e enfermeiros, que atendem os idosos. De acordo com Souza, a Vigilência Epidemiológica esteve, neste sábado, nas dependências do lar para avaliar o estado clínico dos pacientes. "Eles estão bem", afirmou o diretor.

Uma equipe multiprofissional do HSVP, formada por geriatras, cardiologistas e infectologistas, também foi formada para atender os pacientes considerados grupo de risco para o agravamento da doença. Segundo Jonathan, nenhum funcionário testou positivo para doença. 

Os profissionais da saúde estudam, agora, como se deu o contágio entre os idosos visto que eles não recebem visitas de parentes por causa da quarentena e, conforme explicou o diretor, as doações externas foram interrompidas durante a pandemia. A casa de repouso recebe, apenas, materiais de alimentação e higiene de fornecedores. 


*Notícia atualizada às 18h48min para acréscimo de informação e atualização dos números de pacientes infectados.


Gostou? Compartilhe