TRÂNSITO: Prefeitura pede que Corsan antecipe intervenção na Minas Gerais

Objetivo é evitar revisões e consertos nas redes depois de instalado o asfalto na via

Por
· 1 min de leitura
Diogo Zanatta/Divulgação ON Diogo Zanatta/Divulgação ON
Diogo Zanatta/Divulgação ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Na semana passada, a Prefeitura de Passo Fundo anunciou o asfaltamento da Rua Minas Gerais, uma via que liga os bairros Boqueirão, São Cristóvão, Lucas Araújo e Vila Luíza. Nesta sexta-feira (15), o prefeito Pedro Almeida e o secretário de Obras, Rubens Astolfi, se reuniram com representantes da Corsan para solicitar que possíveis intervenções nas redes de água e esgoto sejam realizadas antes da obra. 

Conforme Rubens, uma avaliação prévia evitará danos na pavimentação. “A revisão e consertos nas redes da Corsan são etapas importantes, que antecedem as obras do asfaltamento da rua Minas Gerais. Dessa forma, com planejamento, pretendemos evitar intervenções futuras na pavimentação”, destacou.

A obra de pavimentação terá início em fevereiro. A companhia, através do superintendente Aldomir Santi, se comprometeu a revisar as redes em todo o trecho que será asfaltado, entre as ruas Coronel Chicuta e Scarpelini Ghezzi, e informou que alguns reparos já são previstos para a extensão.

O prefeito enfatizou que o asfaltamento é uma reivindicação antiga da comunidade e que tem previsão para ser concluído no primeiro semestre de ano. “A pavimentação da Rua Minas Gerais vai melhorar a fluidez do trânsito, reduzindo o tempo de deslocamento entre diferentes pontos da cidade”, mencionou.


Gostou? Compartilhe