Motoristas protestam contra novo reajuste no combustível

Quinto reajuste em três meses elevou os preços nas refinarias e encareceu gasolina e diesel

Por
· 1 min de leitura
Foto: LC Schneider/ONFoto: LC Schneider/ON
Foto: LC Schneider/ON
Você prefere ouvir essa matéria?

Dezenas de motoristas paralisaram o trânsito em grande parte da extensão da avenida Brasil, em Passo Fundo, em protesto contra os sucessivos reajustes no preço dos combustíveis. Em deslocamento no sentido Boqueirão/Petrópolis, alguns condutores pintaram o vidro traseiros dos carros com os dizeres "chega de aumento" e "gasolina mais barata".

Na primeira semana do mês, o litro da gasolina ficou R$ 0,12 mais caro (4,8%) e passou a custar R$ 2,60 para a venda às distribuidoras. Já o aumento do óleo diesel foi de 5% (ou R$ 0,13 por litro). O preço para as distribuidoras passou a ser de R$ 2,71. Já o gás liquefeito de petróleo ficou 5,2% mais caro. O preço do GLP para as distribuidoras será de R$ 3,05 por quilo (R$ 0,15 mais caro), ou seja R$ 36,69 por 13 kg (ou R$ 1,90 mais caro). 

Esse foi o quinto reajuste no preço dos combustíveis em 3 meses.

Gostou? Compartilhe