Cadastro para uso das bicicletas compartilhadas deve ser refeito

O motivo para o recadastramento é o risco de furtos

Por
· 1 min de leitura
O serviço de compartilhamento foi reativado hoje (13) (Foto: Diogo Zanatta/Divulgação PMPF)O serviço de compartilhamento foi reativado hoje (13) (Foto: Diogo Zanatta/Divulgação PMPF)
O serviço de compartilhamento foi reativado hoje (13) (Foto: Diogo Zanatta/Divulgação PMPF)
Você prefere ouvir essa matéria?

O serviço de compartilhamento de bicicletas foi retomado nesta segunda-feira (13). No entanto, os usuários ainda precisam refazer o cadastro para utilizar o serviço. A solicitação é da empresa responsável pela gestão das bicicletas compartilhadas, a Mobhis Automação Urbana. A medida é necessária para aumentar a segurança e minimizar os riscos de furtos dos equipamentos, conforme a empresa.

Para os cadastros, o processo continua o mesmo. A primeira alternativa é pelo site pfvaidebici.mobhis.com.br, por meio do cartão de crédito, com o custo de R$ 1,00. Também é possível efetuá-lo presencialmente, de forma gratuita, na base operacional da empresa, que fica na Rua Independência, 1165, com o comprovante de residência e o CPF.

O programa Passo Fundo Vai de Bici foi reativado pela Prefeitura com a adoção de medidas contra a Covid-19, como a instalação de dispensers com álcool em gel e materiais de orientação nas estações.

Mais informações podem ser obtidas pelo Whatsapp: (54) 9 9631 7808.

Gostou? Compartilhe