Fiscalização nas estradas

Operação Independência vai fiscalizar 400 quilômetros de rodovias na região

Por
· 4 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A Polícia Rodoviária Estadual inicia, a partir das 8h de hoje, a operação Independência. Serão quatro dias de intensa fiscalização em uma extensão de aproximadamente 200 quilômetros distribuídos nas rodovias: RS 324, entre Passo Fundo – Casca, e  RS 155 que liga Erechim  a Tio Hugo.  Comandante da 1ª Companhia Rodoviária, o capitão Rômulo Ricardo Serafini, disse que o trabalho terá atenção especial hoje, e no domingo, quando acontece o retorno. Nestes períodos, a PRE terá uma equipe de 12 policiais distribuídos em pontos considerados estratégicos. “Como teremos feriadão, o fluxo de veículos deverá triplicar, aumentando os riscos de acidente, por isso, o motorista deve estar atento à legislação e respeitar os limites de velocidade” alerta. No feriado do ano passado, que caiu na quarta-feira, a PRE registrou quatro acidentes, todos eles na RS 324. Dois resultaram em lesão corporal e dois em danos materiais.

Rodovias federais
Na Polícia Rodoviária Federal, a Operação Independência iniciou às 8h, de ontem, e segue até domingo. Nos dois primeiros dias de fiscalização, os policiais estão concentrando o trabalho na verificação da documentação, situação do veículo, uso da cadeirinha para crianças e  do cinto de segurança, além de ultrapassagens em locais proibidos e excesso de velocidade. Chefe do posto da 8ª Delegacia, instalada na BR 285, em Passo Fundo, Vilésio Cerbaro afirma que a estratégia para o domingo é  intensificar os testes do etilômetro para coibir . A PRF vai atuar nas BRs, 285m 153 e 480. No feriado do ano passado não houve acidentes nestes locais. Durante alguns períodos do feriadão, veículos com tamanho, largura e altura acima do padrão, entre eles bitren e caminhões cegonhas terão horário restrito para trafegarem.  Nesta quinta-feira, está proibido o tráfego das 16h às 22h. Na sexta, das 6h ao meio-dia, e no domingo, das 16h às 24 horas. Em caso de urgência, os usuários da rodovia podem entrar em contato com a PRF através do 191.

Dicas de Segurança
 
Freadas
-  Nunca freie sobre poças d’água. Se isso for inevitável, alivie o pedal rapidamente para que as rodas não travem.
-  Muito cuidado ao frear tendo caminhões na sua traseira. Pesados, eles percorrem uma área muito maior que um veículo comum até parar completamente.
 
Viagens longas

- Descanse bastante antes de iniciar sua viagem.
- Se possível, viaje acompanhado por alguém que também possa revezar com você a direção.
- Não beba nem tome qualquer medicação que possa interferir nos seus sentidos.
- Não dirija por muitas horas. Faça paradas regulares, mesmo que não esteja cansado.
- Faça uma revisão cuidadosa nos principais itens de segurança do veículo como freios, pneus, parte elétrica e direção.

Acidentes
- Deparando-se com um acidente, antes de tentar prestar qualquer socorro, respeite a sua própria segurança. Evite ser, também, mais uma vítima.
- Se já houver outras pessoas prestando socorro no local, siga adiante e tente avisar a autoridade mais próxima (Polícia Rodoviária, Concessionário da rodovia etc.)
- Se você não é médico ou paramédico, evite mexer nas vítimas e nem permita que leigos removam as pessoas acidentadas. Aguarde o socorro apropriado e evite o agravamento das lesões por manipulação inadequada.
- Sua principal função será evitar o pânico, confortar os feridos, pedir o socorro e sinalizar o local com triângulo, galhos ou lanternas.

Ultrapassagens

- Nunca ultrapasse pela pista da direita.
- Antes da ultrapassagem, certifique-se de que você tem uma visão total da estrada, olhando também os retrovisores.
- Anuncie por meio dos sinais convencionais (luzes e setas) sua intenção de fazer a ultrapassagem.-
-  Nunca ultrapasse em trevos, lombadas, curvas e passagens de nível ou onde a faixa que divide as pistas seja contínua.

Dirigindo na chuva

» Redobre a atenção para as condições da estrada nessas ocasiões, é possível a ocorrência de deslizamentos e quedas de barreiras.
» Reduza a velocidade a um limite seguro.
» Mantenha ligado os limpadores de pára-brisa.
Não fume para evitar o embaçamento do vidro.
» Evite freadas fortes.
» Se o carro aquaplanar (deslizar sobre uma lâmina de água) não freie nem pise na embreagem. Solte o acelerador e deixe o atrito com água reduzir a velocidade até você sentir as rodas adquiriram contato com o piso.
Viajando com crianças
» Crianças com menos de 10 anos de idade devem sempre ser transportadas no banco de trás, atadas aos cintos de segurança ou acomodadas nas cadeirinhas apropriadas.
» Bebês, mesmo os recém-nascidos, não devem viajar no colo de suas mães. Em caso de colisão, o risco da criança servir como amortecedor no impacto com o painel ou o banco da frente é muito grande.
» As crianças de colo até um ano de idade, devem ficar nas cadeirinhas fixadas de costas para o sentido do carro. Depois dessa idade, a cadeirinha pode ficar na posição normal.
» Quando a cadeirinha não mais oferecer proteção à nuca da criança, em função de seu crescimento, é o momento de colocá-lo diretamente no próprio banco do veículo, presa pelo cinto de segurança.
» Caso a posição do cinto possa causar enforcamento em criança, acomode-a em cima de uma almofada.
Cinto de segurança
» A obrigatoriedade do uso do cinto de segurança é para todos os ocupantes dos veículos, independente da via que esteja sendo utilizada.
» Mantenha os cintos sempre em bom estado e nunca prenda-os enrolado ou dobrado, para não reduzir sua eficiência.
» Uso de cinto de segurança no banco de trás também é obrigatório.

Gostou? Compartilhe