Articulação para garantir recursos federais

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Após o Encontro com Novos Prefeitos e Prefeitas, o vice-prefeito, Juliano Roso, e o coordenador de Projetos Especiais e Captação de Recursos, Édison Nunes, trazem uma infinidade de ferramentas para compartilhar com o secretariado e atingir as metas do Governo Luciano/Juliano.

Para hoje (4), o prefeito Luciano Azevedo e o vice Juliano Roso convocaram uma reunião com toda a equipe do primeiro escalão, a fim de passar todas as informações obtidas de cada área e, principalmente, estruturar meios e projetos para buscar verbas para diversas demandas.

Para Juliano, a ida à Brasília para participar das atividades é uma atitude que não poderia deixar de ser honrada, devido à convocação da presidente Dilma Rousseff. Além disso, o proveito de todas as ações oferecidas foi enriquecedora para qualquer administração.
“Realizamos uma peregrinação por quase todos os ministérios e tivemos contatos com muitos técnicos, gestores, ministros e secretários nacionais. Reforçamos as relações já existentes e criamos novos laços para nos ajudar na administração”, ressaltou o vice-prefeito.
Para o Édison Nunes, a passagem em Brasília foi extremamente positiva, tanto para o conhecimento de programas federais como para trocar experiências com gestores de todo o Brasil.

“Dilma, na abertura do evento, deixou clara a importância dessa aproximação dos Ministérios com os municípios, tanto no atendimento quanto na operacionalização de recursos para efetivação dessas obras”, frisou.

Linhas gerais
Com o contato direto com todo o aparato dos inúmeros Ministérios e Secretarias, as necessidades listadas antes do encontro, como as melhorias para o Hospital Beneficente César Santos, o centro de controle de zoonoses e a operacionalização de uma usina de asfalto, ficam direcionadas para agilizar o processo.

Ainda, a Infraero foi visitada para otimizar a vinda dos recursos para as melhorias do Aeroporto Lauro Kortz. Dentro dos próximos dias, um técnico da instituição deverá vistoriar o aeroporto para ver a real situação.

Dentre outras questões, o uniforme escolar e a transformação de Passo Fundo em uma cidade digital e educadora, foram alguns dos postos ressaltados.

Gostou? Compartilhe