Agricultores protestam contra demarcação de áreas indígenas

Dezenas de produtores rurais participaram de uma manifestação contra demarcação de terras a favor de indígenas que ocupam áreas em Mato Castelhano e Gentil

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Agricultores da região realizaram uma manifestação na manhã de hoje (15), em frente ao prédio da Funai em Passo Fundo. Os produtores são contra a demarcação de terras a favor de indígenas que atualmente ocupam áreas em Mato Castelhano e Gentil. Os índios estão reivindicando áreas que abrangem municípios como Mato Castelhano, Gentil, Marau, Ciríaco e Muliterno atingindo cerca de 3 mil famílias de agricultores. A Funai está realizando um estudo antropológico das áreas para verificar se as terras realmente são indígenas. Os agricultores afirmam que as escrituras das propriedades têm mais de cem anos de existência. Os produtores pedem a Funai cópia das coordenadas geográficas, do laudo antropológico e do processo para que eles possam também realizar um estudo para comprovar que as áreas não são indígenas.

Gostou? Compartilhe