21ª Expodireto Cotrijal é lançada com a presença do governador

A feira ocorrerá entre os dias 2 e 6 de março, em Não-Me-Toque

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Tradicional feira do agronegócio brasileiro, a Expodireto Cotrijal ocorrerá entre os dias 2 e 6 de março, em Não-Me-Toque, e deve atrair mais de 260 mil visitantes. O governador Eduardo Leite prestigiou, na manhã desta terça-feira (3), o lançamento da feira, no Hotel Plaza São Rafael, na capital.

A Expodireto Cotrijal é reconhecida como uma feira que reúne novidades das áreas de máquinas e implementos agrícolas, produção vegetal e animal e serviços, facilitando o acesso ao produtor. Em 98 hectares, também aproxima empresas estrangeiras e brasileiras, por meio da Área Internacional, e discute temas de interesse do setor, com fóruns e palestras em dois auditórios.

O governador ressaltou que a feira é uma oportunidade de atrair visitantes e investidores ao Estado. “Estamos trabalhando para deixar o RS mais atraente aos negócios e para aumentar a competitividade perante outros Estados. Estamos em vias de concluir o processo de privatização de estatais, lançamos um novo Código Ambiental, menos burocrático, aprovamos reformas na máquina pública e estamos reduzindo custos logísticos e tributários e burocracia”, reforçou Leite.

Entre as novidades de 2020, está a Arena Agrodigital, espaço dedicado às tecnologias digitais que têm transformado a forma do agricultor trabalhar e buscar resultados. São 1,6 mil metros quadrados reunindo 22 grandes empresas e 15 startups do agro mundial. O presidente Nei César Mânica destacou a importância da inovação e da tecnologia estarem aliadas ao setor. “É um espaço inovador, que trará mais visibilidade à Expodireto. Poderemos trazer tecnologia, inovação e startups e, junto ao governo, trabalhar para reposicionar e ser um Estado de ponta no Brasil no que diz respeito à inovação e à pesquisa aqui desenvolvida”, argumentou.

Para o governador, além de promover o uso de tecnologia para alcançar maior produtividade das culturas, a feira pode ser uma ponte para que novas tecnologias sejam desenvolvidas no RS, com apoio e convergência entre as universidades, a iniciativa privada e o poder público. “Somos referência em agrotech e queremos aproveitar ainda mais essa expertise para gerar investimentos na nova economia”.

Em 2019, a Expodireto contou com a participação de 70 países, de 268 mil visitantes e de 534 expositores, movimentando R$ 2,4 bilhões em negócios. A expectativa é de que o evento deste ano reúna, novamente, mais de 530 expositores.

Os secretários Covatti Filho (Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural), Juvir Costella (Logística e Transportes), Claudio Gastal (Governança e Gestão Estratégica) e Ana Amélia Lemos (Relações Federativas e Internacionais) também compareceram à solenidade de lançamento.

Gostou? Compartilhe