Especialista afirma que chance de neve em Passo Fundo é muito pequena

As temperaturas devem despencar com chegada de massa de ar frio

Por
· 1 min de leitura
No sábado há a possibilidade de formação de geada em Passo Fundo (Foto: Arquivo/ON)No sábado há a possibilidade de formação de geada em Passo Fundo (Foto: Arquivo/ON)
No sábado há a possibilidade de formação de geada em Passo Fundo (Foto: Arquivo/ON)

Notamos que você gosta de ler nossas matérias.

Você já leu várias nas últimas horas, para continuar lendo gratuitamente, crie sua conta.

Ter uma Conta ON te da várias vantagens como:

  • Ler matérias sem limite;
  • Marcar matérias como lida;
  • Conteúdo inteligente.
Criar contaAcessar
Você prefere ouvir essa matéria?

Uma intensa massa de ar frio deve atingir o estado nesta quarta-feira (19), de acordo com Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). A massa atingirá grande parte do país e fará com as temperaturas caiam, especialmente na região Sul.

Algumas regiões do estado com maior altitude podem esperar neve na sexta e no sábado, no entanto esse não é o caso de Passo Fundo, onde as chances são muito pequenas, de acordo com o pesquisador da Embrapa Trigo Gilberto Cunha. “Existe a possibilidade, mas é muito pequena”, ressalta o especialista. 

Após um mês com temperaturas mínimas acima de 10ºC, a região começa a sentir o frio já nesta quarta-feira, com a temperatura mínima de 8ºC em Passo Fundo, de acordo com a previsão do INMET. No entanto, a maior queda será amanhã quando a mínima chega a 2º e a máxima a 10ºC. A mínima deve persistir até sábado, quando a temperatura máxima sobe para 16ºC. As temperaturas voltam a subir a partir de domingo e segunda-feira. No domingo, a mínima sobre para 4ºC e a máxima para 19ºC.

Em Passo Fundo também é esperado chuva até sexta-feira. Hoje o dia deve permanecer nublado com pancadas de chuva e trovoadas isoladas. Amanhã a previsão aponta para um dia encoberto com chuvisco. A sexta-feira deve ser nublada com possibilidade de chuva isolada. No sábado há a possibilidade de formação de geada.

A massa é considerada comum para esta época do ano. Cunha lembra que as nevascas que foram registradas em Passo Fundo ocorreram em agosto. ‘O mês de agosto é um mês que historicamente faz frio”, lembrou o pesquisador. Além disso, esta massa não deve ser a última neste inverno. “Existem possibilidades de outras massas de ar frio entrarem no continente e das temperaturas baixarem”, avaliou Cunha, destacando que as chances são grandes até o começo de setembro.

Agricultura

Nas lavouras a massa de ar frio não deve causar impactos, mesmo com a formação de geada, segundo Cunha. “As culturas que foram semeadas nas épocas recomendadas não estão no momento crítico”, explica o especialista. No entanto, as lavouras de milho que foram plantadas mais cedo, em agosto, podem ser afetadas. O pesquisador lembra que o ideal é que o milho seja plantado a partir de setembro.

O pesquisador Gilberto Cunha avalia que a massa não deve afetar lavouras (Foto: Arquivo)



Gostou? Compartilhe