Chegou a vez do rap no projeto Música Autoral

Produção do curso de Jornalismo da UPF lança 4ª temporada no YouTube, nesta quinta-feira, 17 de junho

Por
· 2 min de leitura
Foto: Emilly Lautert dos Santos/Divulgação/UPFFoto: Emilly Lautert dos Santos/Divulgação/UPF
Foto: Emilly Lautert dos Santos/Divulgação/UPF
Você prefere ouvir essa matéria?

A 4ª temporada do projeto Música Autoral do curso de Jornalismo da Universidade de Passo Fundo (UPF) vai ao ar nesta quinta-feira, 17 de junho, a partir das 18h, no canal do projeto na plataforma YouTube. Depois de gravar dez compositores desde 2019, contemplando estilos como rock, samba e nativismo, os convidados desta vez representaram o rap. Guida Class e Kunkz cantaram composições próprias, em performances acústicas. Dois rappers de Passo Fundo que mostram, nas letras, romantismo, esperança e a realidade do dia a dia.

Guida Class conta que sua paixão pelo rap foi despertada ainda na infância, quando músicas gravadas em fita tape soavam na sala de sua casa. Até que passou a se profissionalizar como músico e gravar músicas próprias. Guida Class apresentou no Música Autoral a canção “Clichês”, acompanhado de Dudu Acco.

Kunkz também, desde criança, gostava de escrever poesia e achou no rap uma forma de mostrar as vivências da vida. Iniciou vendo amigos fazendo freestyle e ingressou no gênero com suas próprias letras. No projeto, Kunkz gravou “Sugestão”, cantando e tocando violão.


Um projeto transmídia

As gravações da 4ª temporada ocorreram no final do mês de maio, no Jardim das Artes, ao lado da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC) da UPF. Na produção, foram seguidos todos os protocolos de segurança para atividades presenciais na pandemia, como a realização ao ar livre, uso de máscaras e distanciamento.

O projeto Música Autoral nasceu no coração da FAC, com o objetivo de divulgar e conectar a produção musical da região. Uma iniciativa desenvolvida dentro da disciplina Laboratório de Convergência lll, do curso de Jornalismo da UPF. A cada temporada, os acadêmicos, com supervisão do professor Dr. João Vicente Ribas, criam conteúdos transmídia. Os trabalhos desenvolvidos são publicados em canais e perfis do projeto no Instagram, Facebook e YouTube.


Saiba mais sobre o rap

Atualmente, o rap está incorporado na cena musical brasileira, mostrando que venceu preconceitos e saiu da periferia para ganhar o grande público. Um gênero nascido na década de 1960, na Jamaica, quando grupos musicais se reuniam nos guetos para festejar. Eles rimavam e abordavam assuntos com viés político e social. As letras muitas vezes eram cantadas à capela. Nos Estados Unidos, o gênero se desenvolveu e se configurou como hoje o conhecemos, com batidas eletrônicas. No Brasil, o rap chegou na década de 1980 no Rio de Janeiro e em São Paulo. Hoje há cenas de rappers em todo o país. Em Passo Fundo, não é diferente.

Música Autoral UPF: https://www.youtube.com/channel/UCAS0uouodnQ4vWSh0oCw7cw


Texto: Cristina Pereira e Lavínia Eduarda Fritzen   Edição: Assessoria de Imprensa


Gostou? Compartilhe