Trabalhadores da JBS de Passo Fundo aceitam acordo coletivo

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

Após dois meses de negociação os trabalhadores da JBS Aves aceitaram o acordo coletivo, negociado entre a empresa e o Sindicato Trabalhadores na Indústria da Alimentação (STIA), em uma assembleia nesta terça-feira, dia 04.  No mês passado os trabalhadores rejeitaram a proposta oferecida pela empresa e entraram em estado de greve, mas concordaram com a atual. Agora o piso salarial da categoria passa para R$ 1.229,50, correspondendo a 6,9% de reajuste, e, assim, alcançando a faixa III do piso regional do Rio Grande do Sul, equivalência reivindica pelo Sindicato. Já o reajuste para quem recebe acima do piso será de 3,99%. Também foram mantidos os benefícios já conquistados, como o auxílio escolar, a participação nos lucros e o transporte a custo zero. Os reajustes deverão ser pagos pela empresa de forma retroativa, desde o mês de maio.

O presidente do STIA, Miguel dos Santos, comemorou o resultado da negociação, principalmente pelo avanço com relação ao piso da categoria. “Nós sabíamos que este era um ano difícil para a negociação, mas acreditávamos que poderíamos avançar, tanto que conseguimos melhorar o valor recebido por aqueles com o menor salário, aumentando o piso e mantendo os direitos já conquistados. Os trabalhadores também entenderam que esta era a melhor proposta e, por isso, aderiram ao acordo. Estamos satisfeitos”, disse. Os advogados do STIA, Marcelo Mendes e Tânia Miotto, acompanharam a votação.

Gostou? Compartilhe