Cesta básica de Passo Fundo registra alta de 0,99% no mês de julho

Os itens com maiores altas nos preços foram mamão, banana e frango

Por
· 1 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

O Centro de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Universidade de Passo Fundo (Cepeac/Feac/UPF) divulgou o resultado da pesquisa mensal sobre o custo da cesta básica no município de Passo Fundo. No mês de julho, houve um aumento de 0,99% no custo dos produtos que compõem a cesta básica de uma família passo-fundense, se comparado aos preços médios de junho deste ano.

De acordo com a pesquisa, em junho foram necessários R$ 1.181,91 para a aquisição da cesta, enquanto em julho, o custo foi de R$ 1.193,58. Isso representa uma alta de R$ 11,67 por cesta. Entre os produtos pesquisados, os que acumularam maiores altas no preço foram mamão, com 27,02% de aumento, banana, com preço 13,63% maior, e frango, que ficou 9,39% mais caro. Já os itens de maior queda foram cebola, pães de forma e francês e desodorante, com preços reduzidos em 15,50%, 8,17% e 6,12%, respectivamente.

Em comparação com o mesmo período do ano passado, a cesta básica obteve alta de 22,20%, passando de R$ 976,74 em julho de 2020 para R$ 1.193,58 em julho de 2021, ou seja, uma alta de R$ 216,84.

Gostou? Compartilhe