OPINIÃO

Ponto de vista: volta às aulas

Por
· 3 min de leitura
Você prefere ouvir essa matéria?

A autorização de afogadilho para a retomada das aulas presenciais no RS, na tarde de terça-feira (27), foi bem vinda por parte da sociedade. E também contestada por outra. Salvo alguma decisão judicial, o calendário da Secretaria Estadual da Educação prevê para esta sexta-feira a organização das escolas para que possam receber na segunda-feira (03), os alunos da educação infantil e 1º e 2º anos do ensino fundamental. O Decreto 55.856, com as mudanças no modelo de Distanciamento Controlado e a adoção da bandeira vermelha, possibilita a retomada do ensino presencial em todos os níveis e modalidades. Em Porto Alegre, muitas escolinhas retomaram as atividades ainda na manhã de quarta-feira (28). Na rede estadual de ensino as aulas serão no modelo híbrido, com aulas presenciais nos educandários e atividades remotas. De igual modo nas redes municipais e particulares.

 

II - Depois de um ano letivo inteiro sem aulas presenciais, e ainda dos dois primeiros meses do atual, a retomada deverá ser de três horas presenciais e duas remotas. Os mecanismos de retorno das aulas presenciais, que serão de forma gradual e escalonada, parecem adequados. A negação da pandemia, o desdém ao uso de máscara e do álcool em gel, e outras improbidades manifestadas por algumas autoridades, e replicadas nas redes sociais, estão sendo, infelizmente, desbancadas pelo número de mortes que ultrapassou 400 mil. E por isso, e pelo amor à vida, todas as medidas protetivas vão ser adotadas e respeitadas no ambiente escolar. O RS ponteia as estatísticas de vacinação, e é crível que os professores e servidores das escolas deverão ser incluídos no Plano Nacional de Imunização.

 

III - Na próxima quarta-feira (05) será a vez dos estudantes dos 3º, 4º e 5º anos do ensino fundamental serem acolhidos nas escolas. Daqui a uma semana, serão os alunos finais do ensino fundamental matriculados do 6º ao 9º anos. Longe de ser uma volta à normalidade, a retomada do ensino presencial vai movimentar diversos setores, dentre os quais o do transporte escolar. No dia 10, na segunda segunda-feira de maio os alunos do 1º ano do ensino médio vão se encontrar, muitos deles pela primeira vez. No dia 12, será a vez das turmas matriculadas nos 2º e 3º anos do ensino médio. No dia seguinte, uma quinta-feira, os do ensino técnico e curso normal. E por fim, para as escolas que somente oferecem ensino médio, EJA e Neejas, e educação profissional, bem como para as Escolas Especiais, as aulas iniciam na quarta-feira da próxima semana.

Curtas:

# O governo de Erebango lançou nesta semana uma campanha online para sugestão de nomes para o Museu Municipal.

# Até o fechamento da coluna, no final da tarde de ontem, 45 sugestões e comentários haviam sido postados na página do facebook da prefeitura.

# A grande maioria do acervo é de fotografias, instrumentos de trabalho utilizados na agricultura e carpintaria, documentos e até um aparelho de projeção do antigo cinema.

# Pontas de lança, adagas, cartuchos de fuzil, encontrados no local aonde ocorreu o Combate da Fazenda Quatro Irmãos também estão catalogados.

# Fotos de oficiais das tropas revolucionárias e governista da guerra civil de 1923, que se bateu em armas no local tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal, integra a reserva técnica do museu.

# Os vereadores de Floriano Peixoto aprovaram por unanimidade, a moção de apoio à alteração prioritária do Plano Nacional de Imunização para antecipar a aplicação de vacinas em professores e funcionários das escolas.

# O documento foi encaminhado ao governador Eduardo Leite (PSDB) e ao deputado Gabriel Souza (MDB), presidente da Assembleia.

 # A Fetraf-RS elegeu sua nova direção durante o III Congresso Geral ocorrido na quarta-feira (28) de forma online.

# Os representantes dos sindicatos de todo o estado, filiados a Federação, elegeram para a coordenação geral da Fetraf, Douglas Cenci.

# Os demais coordenadores eleitos: Vilson Alba (finanças), Bruno Largo (juventude), Cleonice Back (mulher agricultora familiar), Luís Spinelli (secretaria Geral), e Luís Webber (formação).

# As dificuldades enfrentadas pelos agricultores familiares para permanecer na atividade foi um dos inúmeros desafios apontados por Cenci a serem enfrentados.

# O dirigente afirmou que o sindicalismo precisa se reinventar, apontando a necessidade de mudanças e da proximidade com os associados, para que a manutenção dos direitos possam se materializar.

# A vereadora Inês Aparecida Borba (MDB) teve aprovado no dia de ontem, o pedido para que o governo do município de Getúlio Vargas realize o plantio de novas árvores e flores nos canteiros centrais da cidade.

# Dos seis projetos de lei do executivo que entraram na pauta, um é para contratação em caráter temporário de um operador de máquina, e outro de três professores.

Dito & Feito:

O prefeito de Getúlio Vargas, Mauricio Soligo (PP), recebeu a visita da adjunta da Secretaria de Esporte e Lazer do Estado do RS, Alexandra Palkewich, e outros dois integrantes da pasta. Na oportunidade apresentaram ao gestor e a equipe de desportos da Smecd o Projeto Esporte e Lazer em Movimento. A iniciativa consiste na utilização de uma van contendo diferentes tipos de equipamentos esportivos para serem utilizados pelos municípios em atividades diversificadas, independentemente da idade do público. Tão logo o projeto for finalizado serão abertas as inscrições aos municípios.

Gostou? Compartilhe